America vence o Friburguense de virada na estreia da Taça Corcovado

Foi suado. Em jogo de cinco gols, com direito a atacante indo para o gol e virada no último minuto, o America bateu o Friburguense por 3 a 2 e estreou com vitória na Taça Corcovado, segundo turno do Campeonato Carioca Série B1. Chrispim, Raphael Carioca e Daniel marcaram para a equipe Rubra, enquanto Lucas Sales e Lohan descontaram para os visitantes.

A tarde deste sábado (14), no Giulite Coutinho, em Mesquita, relembrou o último confronto entre as equipes no ano passado. Na ocasião, no Eduardo Guinle, em Nova Friburgo, os Rubros também venceram de virada num jogo cheio de alternativas e emoção. E assim foi.

Equilíbrio e golaço de Lucas Sales marcam a primeira etapa

O America iniciou a partida buscando impor o seu jogo, mas encontrava dificuldade no último terço do gramado. O meio de campo estava muito povoado e as chances não foram criadas nos primeiros minutos. A equipe visitante, por sua vez, buscou se defender e esperar o contra-ataque. Aconteceu. Aos 13, Vitinho arrancou do campo de defesa e serviu Dedé. O camisa onze acabou sendo atrapalhado pela marcação rubra, e finalizou para fora.

Só após a parada técnica surgiu a primeira chance da equipe mandante. Nivaldo aproveitou bola rebatida e mandou de fora da área, assuntando o goleiro Luiz Felipe. Quando parecia que o time da casa iria encontra o caminho do gol, o Tricolor da Serra inaugurou o marcador. Aos 31 minutos, em contragolpe iniciado na reposição de Luiz Felipe, Dedé avançou pela direita e acionou Lohan que, como um bom centroavante, fez a parede e serviu Lucas Sales. O camisa dez finalizou com categoria para marcar um golaço: 1 a 0.

Friburguense amplia, mas America busca virada heroica

Na frente do placar, a equipe visitante começou a todo vapor na etapa final. Logo no primeiro lance, Dedé fez bela jogada individual e obrigou Rafael a fazer grande defesa. Dois minutos depois, o Frizão ampliou. Lohan finalizou de fora da área, o goleiro do America aceitou e os visitantes marcaram o segundo tento no jogo.

Com grande desvantagem no placar, restou aos comandados de Luisinho Lemos irem para cima do Frizão. Mas faltava capricho e organização no meio de campo. Após a parada técnica, o treinador rubro mandou o time da casa para cima. E deu certo. Aos 25, William Chrispim aproveitou desviou de Lucão em cruzamento pela direta, e diminuiu: 2 a 1.

O gol do camisa 17 recolocou a equipe mandante na partida. O America começou a encontrar espaços na defesa tricolor e, por pouco, Chrispim não fez o gol de empate, mas Luiz Felipe fez grande defesa e evitou o gol do atacante americano. O Friburguense sentiu o golpe e a parte física. O Tricolor da Serra não conseguia mais sair nos contragolpes e se entrincheirava no campo de defesa.

A parte final do jogo ganhou em emoção. Em cobrança de escanteio, Raphael Carioca, que havia entrado no segundo tempo, se antecipou a marcação e testou no contrapé de Luiz Felipe e empatou a partida. Para piorar a situação, o Friburguense, que já tinha feito suas três alterações, viu seu goleiro se lesionar na jogada do gol Rubro e deixar o gramado. Impossibilitado de fazer substituições, coube ao centroavante Lohan ir a meta da equipe visitante.

A partida ganhou ainda mais em emoção. O America, com um jogador a mais, buscava finalizações de fora da área, mas faltava pontaria. Eis que aos 52 minutos, no último lance da partida, Daniel salvou os donos da casa. Em joga de Chrispim pela direita, o Camisa nove colocou o “biquinho” da chuteira na bola e garantiu uma virada heroica para a equipe de Campos Salles: 3 a 2.

America x Friburguense

Local: Estádio Giulite Coutinho

Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano

Assistentes: Ivan Silva Araújo e Márcio Moreira de Queiroz

America: Rafael; Wesley (Raphael Carioca), Lucão, Bruno Santos e Quaresma (Marlon); Araruama, Felipe Pará, Anderson Kunzel, Nivaldo e Moisés (Chrispim); Daniel. Técnico: Luisinho Lemos

Friburguense: Luiz Felipe; Murillo, Bruno Leal (Rômulo), Marcão e Ricardo; Damião (Lucas), Vitinho, Lucas Sales e Dieguinho; Dedé e Lohan. Técnico: Cadão

Gols: Lucas Sales (FRI – 31/1T) e Lohan (FRI – 3/2T) – William Chrispim (AME – 24/2T), Raphael Carioca (AME – 33/2T) e Daniel (AME – 52/2T)

Cartões amarelos: Araruama, Quaresma e Daniel (AME) – Lucas Sales, Lohan, Murillo, Rômulo e Dedé (FRI)

Cartões vermelhos: Araruama (AME)

Público: 360 presentes (210 pagantes)

 Renda: R$ 2.800,00