Americano bate o Bonsucesso fora de casa e se mantém no G2 do Grupo A da Taça Corcovado

Vitória por 2 a 0 sobre o Bonsucesso manteve a equipe campista na zona de classificação às semifinais do Grupo A | Carlos Grevi

O Americano ficou muito próximo de garantir classificação às semifinais da Taça Corcovado, assim como fez na Taça Santos Dumont – quando sagrou-se campeão-, ao vencer o Bonsucesso por 2 a 0, na tarde deste sábado (18), no Estádio de Moça Bonita, em duelo muito disputado e válido pela oitava rodada do segundo turno da Série B1 Estadual.

FALHA DE MARCELO CARNÉ MARCA A PRIMEIRA ETAPA

Na primeira etapa da partida o jogo foi muito truncado, as duas equipes se estudaram bastante com muita marcação no meio de campo e poucas oportunidades de gol para os dois lados. As únicas chances mais claras foram de Vinícius do Bonsucesso em dois chutes que levaram perigo ao gol de Luís Henrique.

Apesar do equilíbrio no duelo, as melhores chances eram dos donos da casa, até que em cobrança de falta de Gustavo aos 41 minutos, o goleiro do Bonsucesso Marcelo Carné falhou feio e os 45 minutos iniciais terminaram com a vitória parcial da equipe campista por 1 a 0.

BONSUCESSO DOMINA O SEGUNDO TEMPO, MAS NÃO CONSEGUE O EMPATE

O Bonsucesso voltou para a segunda etapa completamente diferente, com outra postura e teve grandes oportunidades de empatar a partida, tendo total domínio do duelo. Não fosse as excelentes defesas de Luís Henrique, um dos melhores em campo, fatalmente o Leão da Leopoldina sairia vitorioso do duelo.

Todavia, aos 28 minutos da etapa final, Ramon aproveitou cobrança de escanteio e testou firme. Carné soltou a bola nos pés de Admilton que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes: Americano 2 a 0.

Bonsucesso 0x2 Americano

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Yuri Elino Ferreira da Cruz

Assistentes: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Gustavo Mota Correia

Bonsucesso: Marcelo Carné; Rossales (Thiaguinho), Victor, Adriano e Dieyson; Filipe Silva, Mauro Silva e Júnior (Thompson); Pedro Pires (Jackson), Vinicius e Fernando Santos. Técnico: Emanoel Sacramento.

Americano: Luís Henrique; Ramon (Espinho), Admilton, Gabriel e Rafinha; Abuda, Vandinho, Marquinhos (Gustavo) e Bruno Vianna; Cláudio Maradona e Maikon Aquino (Paulo Vitor). Técnico: Josué Teixeira.

Cartões amarelos: Mauro Silva e Victor (Bonsucesso); Admilton, Gustavo, Luis Henrique, Paulo Vitor e Abuda (Americano)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Gustavo – Americano (41’/1º tempo) e Admilton – Americano (27’/2º tempo)

Renda: 103 pagantes e 200 presentes

Público: R$ 1.600,00