Americano vence o Friburguense e vai à decisão da Taça Santos Dumont

A Taça Santos Dumont, primeiro turno do Campeonato Carioca Série B1 conheceu um dos seus finalistas, na tarde desta quarta-feira (04), por que o Americano conquistou sua oitava vitória consecutiva e avançou à final da competição. Com gols de Claudio Maradona e Marquinhos, de pênalti, na primeira etapa, o Alvinegro do Parque Tamandaré jogou com inteligência e venceu o Friburguense por 2 a 0.

Com a vitória e o sorteio do mando – que ocorreu no intervalo da partida – o Cano, além de se garantir na final, será o mandante da decisão, com local a ser definido. O adversário será o Tigres do Brasil que venceu o America por 1 a 0, e também carimbou vaga na finalíssima.

AMERICANO É CIRÚRGICO E ABRE VANTAGEM NA PRIMEIRA ETAPA

O Americano começou a partida como de costume nesta Série B1: ritmo alucinante. Logo nos primeiros minutos saiu o primeiro gol do Alvinegro. Maikon Aquino lançou Claudio Maradona no campo de ataque, a defesa do Friburguense parou pedindo impedimento e o camisa nove campista, que não tem nada a ver com isso, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Luiz Felipe: 1 a 0.

O Frizão não sentiu o gol sofrido, tomou o controle da partida e teve algumas oportunidades para empatar o jogo. Dedé foi o responsável pelas principais chances do Tricolor da Serra na primeira etapa, mas desperdiçou. Faltou a presença do principal jogador da equipe de Cadão: Lohan. Por motivo de suspensão, o atacante, um dos artilheiros do campeonato com oito gols, não pôde participar da semifinal.

O time da casa, com a vantagem no marcador, fechou os espaços no campo de defesa e ficou à espera dos contra-ataques. Após a parada técnica, a pressão da equipe de Nova Friburgo continuou. Mas foi o Cano que quase ampliou. Em rápido contragolpe, Maradona finalizou firme e Luiz Felipe espalmou para evitar o que seria o segundo gol do Alvinegro. O que o arqueiro tricolor não evitou foi o contato com o George dentro da pequena área. Pênalti. Marquinhos foi para a cobrança e fez o segundo para o Americano: 2 a 0. O terceiro não saiu por muito pouco. Aos 45, Claudio Maradona lançou na área e o goleiro tirou a bola dos pés de Maikon Aquino.

ALVINEGRO ADMINISTRA O RESULTADO E SE GARANTE NA FINAL

Para a segunda etapa, o técnico Cadão, com a obrigação de buscar a virada, promoveu duas alterações na equipe. Paulo Roberto e Juninho foram a campo para dar mais mobilidade no ataque visitante. Mas o Americano seguiu forte com os contra-ataques. Aos 5, George arrumou de cabeça para Maikon Aquino, o artilheiro da competição chegou finalizando para fora.

Os comandados de Josué Teixeira repetiram a estratégia do primeiro tempo. A equipe campista esperava o Friburguense e saía em velocidade nos contragolpes, sempre com Claudio Maradona. O que já era difícil ficou quase impossível. Aos 31 minutos, Sérgio Gomes fez falta dura no campo de defesa, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Não faltou valentia ao Tricolor da Serra, mas o cansaço impediu uma intensidade maior dos visitantes. Ainda deu tempo para mais uma expulsão do lado serrano. Bidu levou o segundo amarelo, e também foi para o chuveiro mais cedo. Com dois jogadores a menos, o Frizão ainda teve a chance de diminuir, mas Luiz Henrique estava na meta para impedir. Fim de jogo. Americano classificado para a final da Taça Santos Dumont.

Americano 2 x 0 Friburguense

Local: Estádio Ângelo de Carvalho (Campos)

Árbitro: Diego Henriques Gandara

Assistentes: Rafael Gomes Rosa e Carlos Áquila Lima

Americano: Luiz Henrique; Sanderson, Admilton, Kadu e Rafinha; Vandinho, Marquinhos (Paulo Vitor) e George (Abuda); Bruno Vianna, Maikon Aquino (Luan) e Claudio Maradona. Técnico: Josué Teixeira

Friburguense: Luiz Felipe; Murillo (Yan), Sérgio Gomes, Bidu e Ricardinho; Damião (Paulo Roberto), Dieguinho e Lucas Sales; Vitinho, Dedé e Ziquinha (Juninho). Técnico: Cadão

Cartões amarelos: Murillo, Vitinho, Dieguinho, Sérgio Gomes e Bidu (FRI) – Admilton e Luiz Henrique (AME)

Cartões vermelhos: Sérgio Gomes e Bidu (FRI)

Gols: Claudio Maradona (AME- 03/1T) e Maquinhos (42/1T)

Público: 239 pagantes e 289 presentes

Renda: R$ 5.670,00