Após lutar no Japão, Elaine Pantera encara Nath Pitbull no Shooto 91

Foto: Arquivo Pessoal

Uma luta terá um apelo especial na edição 91 do Shooto, que acontece nesta sexta(5). Após derrota no Japão, onde quase finalizou com um armlock, para a estrela nipônica Rena Kubota, a mineira Elaine Pantera se prepara para dar um novo horizonte a sua carreira. Escalada para o card preliminar, a atleta vem de três derrotas seguidas, em sua maioria por compromissos assumidos com pouco tempo de preparação, diferente do que terá pela frente neste seu próximo confronto.

A atleta está, desde que retornou do Japão, sob os cuidados de Andre Tadeu, na ATS Tubarões, equipe com nomes como o lutador do UFC Alex Cowboy e dos jovens e talentosos Daniel “Miojo” e Carlos Eduardo “Bebezinho”, promessas do MMA nacional.

“Estou me sentindo muito bem para essa luta, o André Tadeu e os companheiros de treino me ajudam muito. Estou focada para buscar essa vitória, pode ter certeza que não deixarei nas mãos dos árbitros.” – conta

Apesar de ser uma striker perigosa, é na luta de solo que Elaine possui o seu maior número de vitórias, sendo quatro dos seus seis triunfos por finalização. Esse será seu terceiro compromisso pelo Shooto, presidido por Dedé Pederneiras, onde a Pantera de Três Rios soma uma vitória e uma derrota.

A adversária, Nath Pitbull, tem 22 anos e tem duas vitórias e duas derrotas na carreira, sendo todas as suas derrotas por decisão. Vindo de vitória no NCE 27, por decisão unânime, Nath Pitbull também fará sua primeira luta em 2019.

Foto: Deive Coutinho

Sabendo da importância dessa vitória para a continuidade de sua carreira no MMA profissional, Elaine promete buscar uma vida melhor para as filhas através do seu sucesso no esporte, e considera a luta de hoje um novo caminho para uma carreira de conquistas.

“Quando subo no cage penso nas minha filhas, na minha família e na minha equipe. Só Deus e os amigos mais próximos sabem como é minha vida, minha luta é diária, mas eu não desisto, sei onde quero chegar. Respeito minha adversária, mas hoje o meu braço será erguido no fim da luta e não o dela.” – finaliza

Shooto Brasil 91

 

Data: Sexta-feira, 05 de abril de 2019

Horário: 18h30h (Card preliminar) e 20h ao vivo no Canal Combate e Sportv 2

Local: Upper Arena

Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro

 

Card principal

 

Até 66,2kg: Elvis Batista (65,7kg) (Rio Fighters) x Marcos “Loro” Galvão (65,8kg) (Nova União)

Até 57,2kg: Gilberto Cangaceiro (56,7kg) (Constrictor Team/RKT) x Lincon Sá (57,2kg) (Nova União/Império Fight)

Até 70,8kg: Joelson Nascimento (70kg) (-) x Iamik Furtado (70,4kg) (V8 MMA)

Até 52,6kg: Jessica Delboni (52,4kg) (PRVT) x Maiara Amanajas (517kg) (BTT/Frankikoteam)

Até 75,3kg: Victor Romero (75,1kg) (RD Champions) x (74,9kg) Andrius “Tigrão” (Nova União)

Até 61,7kg: Gabriel “Magregs” (60,5kg) (-) x Rafael Macapá (62,5kg) (Nova União)

Até 61,7kg: Kaio “Cabeça” (60,9kg) (Team Máximo) x Victor Ramos (60,7kg) (Nova União GS Team)

Até 66,2kg: Ricardo “Nery” (66,5kg) (-) x Adilson “Pica Pau” (62,9kg) (Nova União)

Até 64kg: Mairon Santos (63,4kg) (PRVT) x Micael Braga (62,9kg) (Nova União)

Até 66,2kg: Lucas Gaspar (66,2kg) (Nigue Team) x Keweny Lopes (65,9kg) (Nova)

Até 59,4kg: Victor “Bulldoguinho” (60,5kg) (BPT) x Lucas Cardoso (59,1kg) (Nova União Goiânia)

Até 84,4kg: Alexsandro “Sal” (83,5kg) (ATS) x Ykaro Leão (84,4kg) (Guerreiros Team)

 

Card preliminar

 

Até 54,9kg: Junior “Trattrozinho” (55,6kg) (RD Champions) x Josafá Frazão (54,8kg) (Nova União)

Até 48,1kg: Elaine Leal (48,1kg) (ATS) x Nathielly Santos (48kg) (Nova União)