Após lutar no Japão, Elaine Pantera encara Nath Pitbull no Shooto 91

Uma luta terá um apelo especial na edição 91 do Shooto, que acontece nesta sexta(5). Após derrota no Japão, onde quase finalizou com um armlock, para a estrela nipônica Rena Kubota, a mineira Elaine Pantera se prepara para dar um novo horizonte a sua carreira. Escalada para o card preliminar, a atleta vem de três derrotas seguidas, em sua maioria por compromissos assumidos com pouco tempo de preparação, diferente do que terá pela frente neste seu próximo confronto.

A atleta está, desde que retornou do Japão, sob os cuidados de Andre Tadeu, na ATS Tubarões, equipe com nomes como o lutador do UFC Alex Cowboy e dos jovens e talentosos Daniel “Miojo” e Carlos Eduardo “Bebezinho”, promessas do MMA nacional.

“Estou me sentindo muito bem para essa luta, o André Tadeu e os companheiros de treino me ajudam muito. Estou focada para buscar essa vitória, pode ter certeza que não deixarei nas mãos dos árbitros.” – conta

Apesar de ser uma striker perigosa, é na luta de solo que Elaine possui o seu maior número de vitórias, sendo quatro dos seus seis triunfos por finalização. Esse será seu terceiro compromisso pelo Shooto, presidido por Dedé Pederneiras, onde a Pantera de Três Rios soma uma vitória e uma derrota.

A adversária, Nath Pitbull, tem 22 anos e tem duas vitórias e duas derrotas na carreira, sendo todas as suas derrotas por decisão. Vindo de vitória no NCE 27, por decisão unânime, Nath Pitbull também fará sua primeira luta em 2019.

Foto: Deive Coutinho

Sabendo da importância dessa vitória para a continuidade de sua carreira no MMA profissional, Elaine promete buscar uma vida melhor para as filhas através do seu sucesso no esporte, e considera a luta de hoje um novo caminho para uma carreira de conquistas.

“Quando subo no cage penso nas minha filhas, na minha família e na minha equipe. Só Deus e os amigos mais próximos sabem como é minha vida, minha luta é diária, mas eu não desisto, sei onde quero chegar. Respeito minha adversária, mas hoje o meu braço será erguido no fim da luta e não o dela.” – finaliza

Shooto Brasil 91

 

Data: Sexta-feira, 05 de abril de 2019

Horário: 18h30h (Card preliminar) e 20h ao vivo no Canal Combate e Sportv 2

Local: Upper Arena

Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro

 

Card principal

 

Até 66,2kg: Elvis Batista (65,7kg) (Rio Fighters) x Marcos “Loro” Galvão (65,8kg) (Nova União)

Até 57,2kg: Gilberto Cangaceiro (56,7kg) (Constrictor Team/RKT) x Lincon Sá (57,2kg) (Nova União/Império Fight)

Até 70,8kg: Joelson Nascimento (70kg) (-) x Iamik Furtado (70,4kg) (V8 MMA)

Até 52,6kg: Jessica Delboni (52,4kg) (PRVT) x Maiara Amanajas (517kg) (BTT/Frankikoteam)

Até 75,3kg: Victor Romero (75,1kg) (RD Champions) x (74,9kg) Andrius “Tigrão” (Nova União)

Até 61,7kg: Gabriel “Magregs” (60,5kg) (-) x Rafael Macapá (62,5kg) (Nova União)

Até 61,7kg: Kaio “Cabeça” (60,9kg) (Team Máximo) x Victor Ramos (60,7kg) (Nova União GS Team)

Até 66,2kg: Ricardo “Nery” (66,5kg) (-) x Adilson “Pica Pau” (62,9kg) (Nova União)

Até 64kg: Mairon Santos (63,4kg) (PRVT) x Micael Braga (62,9kg) (Nova União)

Até 66,2kg: Lucas Gaspar (66,2kg) (Nigue Team) x Keweny Lopes (65,9kg) (Nova)

Até 59,4kg: Victor “Bulldoguinho” (60,5kg) (BPT) x Lucas Cardoso (59,1kg) (Nova União Goiânia)

Até 84,4kg: Alexsandro “Sal” (83,5kg) (ATS) x Ykaro Leão (84,4kg) (Guerreiros Team)

 

Card preliminar

 

Até 54,9kg: Junior “Trattrozinho” (55,6kg) (RD Champions) x Josafá Frazão (54,8kg) (Nova União)

Até 48,1kg: Elaine Leal (48,1kg) (ATS) x Nathielly Santos (48kg) (Nova União)