Bangu fecha pacotão de reforços para a disputa do Campeonato Carioca

Rodrigo Lobão tinha vínculo com o Santos e atuará pela primeira vez no Rio de Janeiro | Divulgação (Bangu AC)

A diretoria do Bangu segue se preparando para a disputa do Campeonato Carioca. Nos últimos dias, o clube acertou a contratação de um pacotão de reforços. O zagueiro Rodrigo Lobão, o meia Medina e os paraguaios Carlos Guerreño e Javier García acertaram com o Alvirrubro e se apresentam na próxima quarta-feira (21).

O zagueiro Rodrigo Lobão, 25 anos, chega a equipe carioca após passagem pelo CSA-AL, clube que estava emprestado pelo Santos. O jogador terá sua primeira passagem pelo futebol do Rio de Janeiro, mas já rodou bastante pelo Brasil. Rio Branco-AC, Ponte Preta-SP, Linense-SP, por onde foi campeão da Copa Paulista de 2015, Tupi-MG e o próprio CSA-AL, clube em que conquistou o título da Série C do Campeonato Brasileiro, são exemplos da rodagem do atleta.

Outro jogador contratado, o meia Luiz Carlos Medina, 28 anos, foi revelado nas categorias de base do Avaí-SC. No seu último time, o Náutico-PE, conquistou o Campeonato Pernambucano nesta temporada. Aliás, o atleta é especialista em títulos estaduais, são três na carreira. Além do conquistado pelo Timbu, o jogador também ganhou o Campeonato Catarinense de 2009 e 2010 pelo Avaí. Polivalente, o meia pode jogar também na lateral-direita e já atuou em outros clubes, inclusive do exterior, como ASA-AL, Ituano-SP, Chapecoense-SC, Guarani-SP, Mirassol-SP, União Barbarense-SP e Potros UAEM, do México.

Meia de origem, Medina também atua como lateral-direito | Divulgação (Bangu AC)

Os paraguaios Carlos Guerreño e Javier García são exemplos que o Alvirrubro também está de olho no mercado sul-americano. O atacante Guerreño, 22 anos, começou sua carreira no Sportivo Carapeguá, passando por Rubio Ñu, até chegar ao multicampeão Olímpia, sua equipe nas temporadas 2014 e 2015. Jogou também por clubes como Sol da América, Olímpia Itá e General Caballero.

Já García, tem 27 anos e uma longa carreira, tendo o Cerro Porteño como sua principal equipe. Meio-campista, ele defendeu os paraguaios Rubio Ñu, 3 de Febrero, Sportivo Luqueño, Deportivo Capiatá, Nacional e Independiente FBC. Atlético Huila, da Colômbia, e Nefchi, do Azerbaijão, fecham o currículo de García.

Com passagens por clubes tradicionais da América do Sul, Carlos Guerreño e Javier García disputarão o Carioca pelo Bangu | Divulgação (Bangu AC)

O Bangu estreará no Campeonato Carioca de 2019 contra o Flamengo, em partida válida pelo Grupo B, no dia 19 ou 20 de janeiro, fora de casa.