Boavista não segura o Inter e estreia com derrota na Copa São Paulo

Com gols de Netto e Brener, no segundo tempo, o Internacional venceu o Boavista por 2 a 0 na tarde desta quinta-feira (04), na abertura do grupo seis da Copa São Paulo de Futebol júnior, em Osvaldo Cruz, no interior de São Paulo.

A partida começou da forma que se esperava, com Internacional partindo para cima do Boavista. Logo no primeiro minuto de partida, Vitinho recebeu passe, cortou a marcação e arriscou o chute de fora da área, mas o goleiro do Boavista, Ary, defendeu com segurança. Pouco tempo depois, aos sete, Brenner recebeu dentro da área, fez o giro e finalizou muito forte, mas a bola explodiu na trave e saiu.

A equipe gaúcha fazia forte pressão e encurralava os cariocas que não conseguiam sair jogando. Aos 10, Richard recuperou a bola no ataque, encarou a marcação, entrou na área e cruzou rasteiro. Mas a bola desviou no caminho e não chegou com qualidade para para Netto finalizar a jogada. Dois minutos depois, a primeira chegada do Boavista. Lázaro aproveitou rebote do goleiro Carlos Miguel, após jogada pela direita e finalizou forte, mas o arqueiro colorado salvou sua equipe de sofrer o primeiro gol.

Aos 21, Roberto levantou a bola na área, mas Ary saiu de soco e cortou, na sobra Richard chutou, mas Lucas tirou em cima da linha. Na sequência, Brenner perdeu grande oportunidade sem goleiro, quase na pequena área. Após a parada técnica a partida perdeu intensidade e passou a ficar mais truncada, sem grandes chances para ambos os lados.

Aos 44, Brenner recebeu passe no meio da área, girou e bateu forte, mas o goleiro do Boavista fez boa defesa e evitou o gol dos gaúchos, no último lance de perigo dos 45 minutos iniciais.

SEGUNDO TEMPO DE GOLS E TODO DO COLORADO

Assim como na primeira etapa, foi o Inter que começou atacando no segundo tempo. Netto tabelou com Brenner, avançou pela direita e cruzou na área, mas Vitor cortou e evitou o gol dos colorados. Aos 10, nova chance para o time gaúcho. Vitinho levantou na área, o goleiro Ary saiu e não achou nada, mas Alan também não conseguiu alcançar para finalizar e marcar o gol.

Aos 25, Netto pegou a sobra da entrada da área e arriscou o chute, a bola quicou na frente do goleiro Ary, que se complicou e não consegue fazer a defesa: 1 a 0 para o Internacional. Pouco tempo depois, aos 29, Richard recebeu passe após erro da defesa, avançou pela esquerda, entrou na área e só escorou para Brener, que protegeu e toca com tranquilidade no canto de Ary para fazer o segundo gol da equipe colorada.

Assustado com os dois gols seguidos, o Boavista não conseguia atacar o adversário e levava muita pressão do Inter. Aos 37, Brenner tocou para Richard, que chutou livre, mas Matheus Storck colocou o pé e tira a bola quase em cima da linha, evitando o terceiro gol dos gaúchos na partida. Quatro minutos depois, o Verdão de Saquarema reclamou bastante de um pênalti não marcado pela arbitragem, quando após cruzamento para dentro da área, a bola tocou na mão do lateral Victor, do Inter, dentro da área. Mas o árbitro nada marcou.

No fim, vitória do Internacional por 2 a 0. Com os três pontos, os colorados lideram o grupo seis da Copinha, o Boavista é o lanterna da chave. Na próxima rodada, que ocorrer no domingo (07), o Inter enfrenta o Capital, às 11h, enquanto os cariocas pega m os donos da casa Osvaldo Cruz, às 9h.