Bonsucesso confirma permanência de Toninho Andrade como treinador

O Bonsucesso anunciou na tarde da última segunda-feira (23), a permanência de Toninho Andrade no cargo de treinador da equipe para a disputa da Série B1 do Campeonato Carioca. Além do comandante, o Rubro-anil definiu que Marcelo Buarque será o coordenador de futebol do clube na competição. O técnico foi apresentado e já iniciou os treinamentos do time no Campo dos Afonsos, na Zona Oeste do Rio, visando a estreia no torneio contra o Carapebus, dia 19 de maio, às 15h.

Toninho esteve à frente do Cesso na Série A do último campeonato Carioca. O Rubro-anil que ficou no Grupo X – quadrangular para evitar o rebaixamento – acabou caindo para a segunda divisão. Logo após o fim da competição, a diretoria do Bonsuça entrou em contato para a manutenção do treinador, mas as conversas só avançaram nas últimas semanas e resultaram no acerto, após o acordo entre o treinador, o gerente de futebol Marcelo Salgado e o diretor de futebol Luciano Portela.

O técnico é especialista em acessos. A Portuguesa, em 2003, e a Cabofriense, em 2013, subiram para a Série A sob o comando de Toninho Andrade. Além disso, o treinador já disputou outras segundonas com o Olaria e o próprio Bonsucesso em 2006. Na outra passagem pelo Rubro-anil, em 2016, ajudou o clube a evitar o rebaixamento.

A outra contratação anunciada, Marcelo Buarque, assumirá uma função diferente no clube da qual vinha exercendo. Antes treinador, quando comandou Bangu, Serrano, Duque de Caxias, America, Quissamã e seu último clube Iraty-PR, Marcelo assumirá o cargo de coordenador de futebol do Leão da Leopoldina.

O Bonsucesso está no Grupo B da Taça Santos Dumont, primeiro turno da Série B1 do Estadual. Nessa competição, os 20 clubes são divididos em dois grupos com dez cada. Além do Time da Leopoldina, o grupo é formado por Audax Rio, Duque de Caxias, São Gonçalo, Friburguense, Itaboraí, Olaria, Serrano, Tigres do Brasil e o adversário da estreia, Carapebus.

Os times do mesmo grupo se enfrentam e os dois melhores colocados de cada chave fazem as semifinais em partida única. Os ganhadores avançam à final, que também sera disputada em jogo único. O campeão do turno garante vaga na semifinal da Série B1 do Campeonato Carioca.