Bonsucesso vence e Serra Macaense volta para casa

Com direito a muita emoção, raça e ânimos exaltados, o Bonsucesso venceu o Serra Macaense pelo placar de 2 a 1 neste sábado (2), às 15h, em Madureira, no estádio Ancieto Moscoso. O confronto marcou a última rodada da Taça Corcovado confirmando o Cesso na segunda colocação do grupo B e quinto na classificação geral, com direito a vaga na semifinal. O resultado marcou a segunda vitória consecutiva do Leão e a primeira como mandante no segundo turno.

 

Bonsucesso abre vantagem com direito a golaço

 

A primeira etapa foi marcada logo no início de jogo com golaço do atacante Jackson. Pelo lado esquerdo, Pedro Pires roubou a bola e passou para Jackson que após dominada de fora da área, colocou a bola na gaveta em um forte chute. Do outro lado, o Serra Macaense precisou substituir o lateral direito Matheus Souza por Alisson, após Souza levar uma pancada e sentir o joelho esquerdo. O Rubro-Anil da Leopoldina marcava muito forte e não deixava seu adversário chegar. A chance mais clara para o Serra foi marcada aos 24, após cobrança de escanteio fechado de Gabriel.

 

O primeiro tempo caia de intensidade e apresentava poucas emoções. Mas aos 30 minutos, o Leão voltou a atacar, e em contra-ataque de Matheus Salgado, quase teve a chance de ampliar o placar; Pedro Pires recebeu o passe e lançou para Jackson que bateu cruzado fazendo com que a bola saísse perto do gol. A segunda e última  chance do primeiro tempo para o Serra Macaense, veio novamente dos pés de Gabriel que em belo chute de falta, lançou a bola na pequena área e na confusão, quase arranca o gol de empate. Aos 45 minutos, após sofrer falta de Aldo, Pedro Pires cobrou na cabeça do zagueiro Adriano que marcou seu primeiro gol como profissional e ampliou o placar para os donos da casa. Para finalizar, Pedro Pires, em bela atuação, arriscou de fora da área, bateu na trave e saiu pela direita do gol.

 

Expulsões e gol de artilheiro marcam a segunda etapa

 

Após a volta do intervalo, o técnico Rodrigo Rodrigues resolveu mudar a equipe e trocou o atacante Binho por Rhainer, artilheiro da competição. A segunda etapa iniciou agitada. O clima fervoroso, não marcava somente a temperatura fora de campo, mas também no comportamento dos atletas. Após muita discussão na barreira, Rhainer cair no chão, o árbitro Paulo Renato expulsou o camisa 10 do Cesso, Matheus Salgado. Após cobrança da mesma falta, Gabriel chutou e a bola atingiu o travessão. Aos 38, o Serra Macaense conseguiu seu gol de glória após contra-ataque de Rhainer que entrou na pequen área e diminuiu para os visitantes.

 

A equipe de Macaé se defendia bem até a expulsão de João Marcos. Após proteger a bola e levantar muito o braço atingindo Thiaguinho, o Serra Macaense precisou contar com menos um jogador nos últimos minutos do confronto. No fim, após ânimos exaltados, a partida terminou com um jogador a menos para cada lado e Bonsucesso garantindo vaga na semifinal. Do outro lado, o Serra lamentou a primeira derrota fora de casa no segundo turno, encerra sua participação na competição, mas sai de cabeça erguida após lutar até o fim e fazer atingir as metas de sua melhor campanha na Segundona.

 

FALA, EMANOEL SACRAMENTO!

 

 —  Todo jogo tem uma carga emocional muito grande, mas a gente precisa ter um certo equilíbrio pra não deixar essas coisas acontecerem (expulsão do Matheus Salgado), as vezes acontece mas acredito que eles vão aprender com isso. Foi um jogo muito bem disputado, nós entramos muito bem postados e organizados taticamente, conseguimos a vantagem de dois gols bem criativos e bonitos. A gente fica muito feliz porque os  meninos entenderam nosso plano de trabalho muito bem. Com isso, é levar para o próximo jogo o que foi feito hoje com uma carga emocional mais controlada e uma carga física melhor.

 

Já estamos preparados para esse grande desafio que é enfrentar o Sampaio Corrêa. Sabemos que não é um jogo fácil, já trabalhei lá e é um campo muito apertadinho, a equipe deles é muito bem dirigida e jogadores bastante qualificados. Mas a equipe do Bonsucesso vem se mostrando na competição que é uma equipe muito equilibrada, nós perdemos apenas dois jogos, tivemos uma margem de empates um pouco grande, uma defesa muito consistente e um ataque bom, poderia ser excelente, mas algumas questões que nos atrapalharam durante a caminhada não nos permitiu ganhar jogos que pareciam tão fáceis e que tivemos tanta criação e não conseguimos fazer gol.

 

FALA, RODRIGO RODRIGUES!

 

 —  Por um lado infelizmente não conseguimos no geral uma dos nossos objetivos que era classificar o clube entre os quatro primeiros colados, mas de um modo geral nós conseguimos o planejamento geral que era feito pela diretoria a classificação pra Copa Rio. Ainda tem um resultado amanhã, mas a gente acredita que uma das vagas pode ficar com a gente.
Nosso grupo é muito jovem, o Luan jogou muito bem os dois tempos e só tem 17 anos. A gente tem trabalhado muito bem essa parte tática e os jogadores estão respondendo muito positivamente. Junto com a diretoria, estamos trabalhando e posicionando alguns jogadores no cenário nacional, pois alguns clubes mostraram interesses. O Rhainer inclusive; ele tem um gol por partida, foram 15 em 15 jogos. Então as metas que foram planejadas ao longo da competição foram todas alcançadas. A gente acabou tropeçando em alguns jogos dentro de casa, mas foi um risco que corremos e faz parte. 

Tenho certeza que temos tudo para colher bons frutos com a gestão que estão fazendo no Serra Macaense. Agora é descansar e vamos ver o que será pela frente.

 

No próximo sábado (8) às 15 horas, o Bonsucesso visita o Sampaio Corrêa no estádio Lourival Gomes, em Saquarema, para disputar uma das semifinais da Taça Corcovado.

 

 

Bonsucesso x Serra Macaense

Local: Aniceto Moscoso

Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho

Assistentes: Carlos Áquilla Lima da Conceição e Richardson Santos da Silva

 

Bonsucesso: Caio; Renan, Wallace, Adriano, Dieyson; Léo Franco (Lucas Tavares), Mayaro, Pedro Pires, Matheus Salgado; Kikito (Thiaguinho) e Jackson (Sidney). Técnico: Emanoel Sacramento.

 

Serra Macaense: Otávio; Lecinho, Ronaldo (João), Círio e Matheus Souza (Alisson), Leanderson, Luan, Vico e Binho (Rhainer); Gabriel e Wandinho. Técnico: Rodrigo Rodrigues

 

Gols: Jackson (BFC – 8/1T), Adriano (BFC 45/1T); Rhainer (SMC – 38/2T)

 

Cartões amarelos: Adriano, Léo Franco, Kikito, Matheus Salgado e Wallace (BFC); Gabriel, Rhainer e Ronaldo (SMC)

 

Cartões vermelhos: Matheus Salgado (BFC); João (SMC)

 

Público: 220 presentes (200 pagantes)

Renda: R$ 1.600,00