Botafogo e Santos ficam no empate sem gols no Nilton Santos

Empate deixa o Botafogo na décima colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro | Vitor Silva (SS Press/ BFR)

Se faltou bom futebol, sobrou polêmica nos minutos finais do empate em 0 a 0 entre Botafogo e Santos, na tarde deste sábado (04), no estádio Nilton Santos, pela décima sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O árbitro Paulo Roberto Alves Junior se enrolou todo ao anular um gol de Renatinho aos 39 minutos do segundo tempo, chegando a apontar para o centro do gramado validando o lance, mas logo depois recuou. Os santistas também lamentaram muito uma chance incrível com o garoto Yuri Alberto que o goleiro Saulo defendeu com os pés e foi só.

As duas equipes passaram boa parte da etapa inicial com enorme dificuldade na construção das jogadas de ataque. Os cariocas começaram melhores, com mais posse de bola, mas sem transformá-la em perigo. O Santos melhorou a partir dos 15 minutos e enfrentou o mesmo problema, com Aberto pelo lado direito, bem perto de Rodrygo e o estreante Carlos Sánchez sendo pouco produtivo na frente. O Botafogo esquentou a partida depois dos 30 minutos. Leo Valencia e Luiz Fernando tiveram boas chances livres na área e desperdiçaram.

O confronto continuou ruim depois do intervalo. O Botafogo não conseguiu colocar a intensidade dos minutos finais antes do descanso e perdeu força na frente. O Santos também fez pouco, mas, quando fez, perdeu uma chance inacreditável, aos 16. Depois de Saulo espalmar um chute de Victor Ferraz no travessão, o garoto Yuri Alberto, que acabara de entrar na vaga de Gabigol, tocou de cabeça na pequena área e parou nos pés do goleiro rival. Um milagre. Aos 39, a grande confusão do jogo. Renatinho fez o gol ao receber lançamento, mas o árbitro anulou marcando impedimento de Luiz Fernando. O meia estava em posição irregular, mas participou do lance ao correr em direção à bola. O juiz chegou a validar o lance e em seguida anulou. Os jogadores do Bota reclamaram muito. De nada adiantou. Fim de papo no Niltão e empate sem gols entre as duas equipes.

Agora, o Botafogo tem a semana cheia para descansar e aproveitar o tempo para o novo treinador, Zé Ricardo, implementar seu trabalho até o próximo domingo (12), quando enfrentará o Paraná, às 11h, no estádio Durival de Britto, em Curitiba.

 Botafogo 0x0 Santos Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

Botafogo: Saulo, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello, Yuri; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Léo Valencia (Renatinho); Rodrigo Pimpão (Rodrigo Aguirre), Luiz Fernando (Ezequiel) e Kieza. Técnico: Bruno Lazaroni.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alisson (Diego Pituca), Carlos Sánchez e Renato; Rodrygo, Gabriel Barbosa (Yuri Alberto) e Bruno Henrique (Derlis González). Técnico: Cuca.

Cartões amarelos: Matheus Fernandes (Botafogo); Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Dodô, Alison e Derlis González (Santos)

Cartões Vermelhos: Não houve.

Público:6261 pagantes e 6940 presentes

Renda: R$ 122.665