Botafogo empata nos acréscimos, mas segue sem vencer no Brasileiro

Um goleiro inspirado, um gramado pesado e poucas chances reais de gol criadas. Com esses elementos, tudo indicava um empate sem gols entre Sport e Botafogo, em duelo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, na noite desta segunda-feira (23), na Ilha do Retiro. Até que aos 40 minutos do segundo tempo as coisas resolveram melhorar: Everton Felipe superou o Gatito e Rodrigo Lindoso empatou para os cariocas.

A primeira etapa começou com o Botafogo tendo grande chance desperdiçada por Rodrigo Pimpão logo aos quatro minutos. Ernando foi traído por uma poça d’água, furou feio e viu o atacante partir em grande condição, mas demorou para tomar decisão e acabou desarmado. Daí em diante, no entanto, a equipe carioca se resumiu a Gatito: o goleiro paraguaio salvou o Glorioso em pelo menos quatro boas oportunidades, uma delas com Marlone na cara do gol, e conseguiu levar o placar zerado para o intervalo.

Alberto Valentim fez uma substituição no intervalo, colocando Pachu na vaga de Rodrigo Pimpão, mas a pegada da partida seguiu a mesma. O Sport continuou tomando iniciativa e arriscando mais finalizações ao gol adversário. Rogério, aos nove minutos, cara a cara, parou em Gatito, que só foi vazado perto do fim por Everton Felipe, que chutou forte de fora da área, contou com desvio em Gustavo e abriu o placar aos 40 minutos: 1 a 0 para os donos da casa.

Quando a vitória do Leão parecia certa, Matheus Fernandes achou Rodrigo Lindoso livre de marcação dentro da área e em boa posição para acertar chute de pé esquerdo no cantinho de Mailson e deixar tudo igual aos 47 minutos, decretando números finais ao confronto: 1 a 1.

Com o empate, os dois times seguem sem vencer no Brasileiro. O Botafogo tem dois pontos e o Sport pontuou pela primeira vez. Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Grêmio, no próximo sábado (28), às 16h, no Estádio Nilton Santos.

 

Sport 1×1 Botafogo

Estádio da Ilha do Retiro (Recife)

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

Sport: Maílson; Raul Prata, Ernando, Ronaldo Alves e Sander; Neto (Hygor) e Anselmo; Andrigo (Everton Felipe), Gabriel (Fellipe Bastos) e Marlone; Rogério. Técnico: Nelsinho Baptista.

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Gustavo Bochecha e Valencia (Ezequiel); Brenner (Kieza) e Rodrigo Pimpão (Pachu). Técnico: Alberto Valentim.

Cartões amarelos: Neto (Sport); Gustavo Bochecha, Igor Rabello, Rodrigo Pimpão (Botafogo)

Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Everton Felipe – Sport (40’/2º tempo); Rodrigo Lindoso – Botafogo (47’/2º tempo)

Renda: R$ 101.020,00

Público: 7.083 presentes