Botafogo perde boas chances de gol e acaba derrotado pelo Nacional-PAR

No confronto em que o Xerife Alvinegro, Joel Carli, completava 100 jogos com a camisa do Botafogo o torcedor e o zagueiro da equipe de General Severiano não tiveram motivos para comemorar. Com chances claras de gol sendo desperdiçadas, o Botafogo acabou derrotado por 2 a 1 pelo Nacional-PAR, na noite desta quarta-feira (01), no Estádio Defensores Del Chaco.

Antes que qualquer uma das equipes colocasse em prática sua estratégia para a partida, o Nacional abriu o placar no primeiro lance de perigo do confronto. Aos nove minutos, Depois de rebatida da defesa em cobrança de falta, Santacruz recebeu de costas para o gol, dominou a bola no peito e emendou uma linda bicicleta no canto, sem chances para Saulo: 1 a 0 para os Paraguaios.

Apesar do susto, o Botafogo não se apavorou. O Alvinegro de General Severiano aproveitou-se da fragilidade do adversário, teve mais posse de bola e conseguiu chegar ao empate aos 30 minutos. Mas, antes disso, Saulo evitou o segundo gol dos donos da casa. Aos 28, o camisa 10 dominou após toque de cabeça de Vieyra e bateu forte com o pé direito. O goleiro alvinegro caiu no canto esquerdo para espalmar.

Na sequência, Kieza fez ótima jogada pela ponta direita, se livrou da marcação e cruzou para dentro da área. Pimpão se enrolou com a bola, que sobrou para Luiz Fernando deslocar Rojas e empatar o jogo no Paraguai: 1 a 1. Sem mais nenhuma chance de perigo para ambos os lados, as duas equipes foram para o vestiário com o resultado parcial de empate.

Assim como já havia acontecido na primeira etapa, o Botafogo foi surpreendido também no início da etapa complementar com mais um gol do adversário. Aos seis minutos,  Luis Miño roubou a bola de Matheus Fernandes e deixou com Vieyra, que tabelou com Bareiro e colocou no cantinho esquerdo de Saulo: 2 a 1 para os donos da casa.

Ao contrário do que fez nos 45 minutos iniciais, o Botafogo se abateu com o segundo gol do adversário e sofreu chances claras até 35 minutos, quando Léo Valencia cobrou falta com categoria, mas a bola saiu à direita do gol do Nacional. No minuto seguinte, nova chance para o Glorioso. Rojas saiu mal do gol ao tentar evitar jogada de ataque com Brenner, mas deixou bola com Leo Valencia. Fora da área, ele tentou concluir, mas não consegue encobrir o goleiro, desperdiçando nova chance.

No fim, já nos acréscimos, aos 48 minutos Brenner perdeu chance incrível de empatar a partida. Rojas saiu mal do gol depois de cruzamento e a bola sobra nos pés de Renatinho. Ele encontrou Brenner completamente sozinho dentro da área, mas o camisa 18 finalizou em cima de Paniagua, com o goleiro batido no lance.

Agora, para conseguir a classificação as oitavas de final da Copa Sulamericana o Botafogo precisava vencer o adversário por um gol de diferença no duelo da volta que acontecerá no Estádio Nilton Santos no próximo dia 15 de agosto.