Botafogo só empata com lanterna Ceará e se afasta do G6 do Brasileiro

Em um duelo bem ruim, Botafogo e Ceará ficaram apenas no empate em 0 a 0 na noite desta quarta-feira (06), no Estádio Nilton Santos, em confronto da décima rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado foi péssimo para os dois clubes, porém o Alvinegro carioca voltou a tropeçar em casa, perdeu a chance de se reaproximar do G-6 e viu a impaciência da torcida aumentar, com muitas vaias no apito final.

Com a igualdade no placar ao fim da partida, o Botafogo caiu para décima terceira colocação da tabela de classificação da principal competição nacional, com apenas treze pontos somados e está, nesse momento, a apenas três posições da zona de rebaixamento.

Tecnicamente, o jogo foi sofrível para quem assistiu. Muito suor, mas pouca inspiração. O Botafogo criou pouco e suas melhores chances foram em chutes de fora da área. Como tática, o Glorioso acabou abusando muito dos chuveirinhos, mas que não tiveram sucesso.

No segundo tempo faltou perna para os dois times. O Ceará cumpriu com eficiência o que se propôs a fazer, que era se defender, mas o estreante Lisca colocou o time para frente quando viu o adversário com menos um – Yago saiu machucado quando Alberto Valentim já havia feito suas três alterações -, e faltou qualidade na frente. No fim, nada de gols no Estádio Nilton Santos.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo (10), o Botafogo vai até à Arena Fonte Nova para encarar o Bahia, às 16h.

JEFFERSON HOMENAGEADO

Se teve alguém com motivos para comemorar na noite desta quarta no Estádio Nilton Santos, essa pessoa foi o Jefferson. O goleiro não sofreu gols, se isolou como o terceiro jogador que mais vestiu a camisa do Botafogo, com 454 jogos (atrás apenas de Nilton Santos e Garrincha) e foi homenageado por clube e torcida.

– Sou muito tranquilo, só estava pensando em vencer, depois vou comemorar com minhas filhas. Quero agradecer o carinho dos torcedores, glorifico a Deus essa marca histórica por ter me dado força para chegar até aqui. Essa camisa vai para o quadro em casa, vou guardar de recordação – disse.

Jefferson completou no duelo contra o Ceará, 454 jogos com a camisa do Botafogo | Vitor Silva (SS Press/ BFR)

 

Botafogo 0x0 Ceará

Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

Botafogo: Jefferson; Marcinho, Igor Rabello, Joel Carli (Yago), Moisés; Jean, Rodrigo Lindoso, João Pedro (Renatinho), Leo Valencia; Aguirre (Luiz Fernando) e Kieza. Técnico: Alberto Valentim.

Ceará: Éverson; Rafael Pereira (Douglas Coutinho), Valdo (Thiago Santos), Luís Otávio; Romário; Richardson, Fabinho (Naldo), Ricardinho, Pio; Felipe Azevedo e Arthur Cabral. Técnico: Lisca.

Cartões Amarelos: Luiz Otávio, Richardson, Romário (Ceará)

Cartões Vermelhos: Não houve

Público:7.744 pagantes e 8.825 presentes

Renda: R$ 172.220,00