Botafogo sofre gol no fim e empata com o Bahia fora de casa pelo Brasileiro

Botafogo e Bahia fizeram um grade jogo, com seis jogos ao longo dos noventa minutos |Divulgação (BEC)

Bahia e Botafogo fizeram um Carnaval de gols na tarde deste domingo (10), na Fonte Nova: Kieza duas vezes, Régis, Vinícius, Leo Valencia, Allione. Mas ninguém saiu feliz. O Alvinegro esteve três vezes à frente do placar, desdobrou-se durante todo o segundo tempo com um jogador a menos (Aguirre foi expulso), mas deixou a vitória escapar no último lance do jogo. O Tricolor foi buscar o 3 a 3 no apagar das luzes, evitou a quarta derrota seguida, porém, nada que amenize a pressão: o time segue em penúltimo lugar, na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Embora sempre precisasse correr atrás do placar, o Bahia começou melhor, empurrado por sua torcida, e pressionou o Botafogo. Mas em uma falha de Tiago, que cortou mal um cruzamento, Lindoso deixou Kieza na boa para abrir o placar aos 11 minutos. O Alvinegro então melhorou e controlava o jogo até Aguirre fazer pênalti em Lucas Fonseca no último lance do primeiro tempo. O uruguaio foi expulso, e Régis empatou.

Kieza voltou a colocar os cariocas à frente no início da etapa final, mas aí foi a vez de Marcelo falhar, sair jogando errado, armar o contra-ataque do Bahia que terminou no gol de Vinícius. Com o time já sem perna por correr dobrado com um a menos, Leo Valencia deu esperança da vitória com um golaço de falta aos 38. Só que de novo no último lance, Allione se antecipou a Marcinho e de cabeça deixou tudo igual.

 

Bahia 3×3 Botafogo

Estádio da Fonte Nova (Salvador)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Daniel Luís Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Tiago e Léo; Gregore (Geovane Itinga), Elton (Vinicius), Régis (Allione) e Zé Rafael; Élber e Kayke. Técnico: Cláudio Prates.

Botafogo: Jefferson; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso (Marcelo), Matheus Fernandes e Leo Valencia; Rodrigo Pimpão (Luiz Fernando), Aguirre e Kieza (Brenner). Técnico: Alberto Valentim.

Cartões amarelos: Élber, Régis, Lucas Fonseca, Kayke e Nino Paraíba (Bahia); Aguirre, Moisés e Leo Valencia (Botafogo)

Cartão vermelho: Aguirre, 46’/1ºT (BOT)

Gols: Kieza, 11’/1ºT (0-1); Régis, 48’/1ºT (1-1); Kieza, 5’/2ºT (1-2); Vinicius, 28’/2ºT (2-2); Leo Valencia, 38’/2ºT (2-3); Allione, 48’/2ºT (3-3)