Caec vence Tomazinho e garante acesso à Série B2 do Carioca

Único invicto da competição, Caec está garantido na Série B2 de 2018 | Divulgação
Único invicto da competição, Caec está garantido na Série B2 de 2018 | Divulgação

Liberado para apenas 200 torcedores, o Estádio Ubyrajara Reis ficou pequeno para a festa de Casimiro de Abreu. Em casa, o Caec, que precisava apenas de um empate com o Tomazinho para garantir o acesso à Série B2, venceu a equipe de São João de Meriti por 3 a 1, na tarde deste domingo. O resultado fez com que o time da Terra do Poeta terminasse a competição na condição de único invicto.

Astro da equipe e secretário de Esportes e Lazer de Casimiro de Abreu, o volante Gedeil, que vive sua segunda passagem pelo clube, está de partida para o Macaé, para a disputa da Séria A do Carioca. O veterano celebrou a classificação, em entrevista à Web Rádio Jovem Carioca.

– Foi uma campanha muito bonita, trouxe alegria para o povo da cidade, que estava desacostumada a acompanhar o futebol. Agora é dar sequência para irmos mais longe. Tínhamos condições de ter disputado o título, mas alguns tropeços em campos muito ruins impediram é isso – afirmou o capitão.

Como se tornou tradição ao longo do campeonato, o Caec abriu o placar com bola aérea. Aos sete minutos, o lateral-direito Ryan cobrou escanteio e Gedeil apareceu livre para de cabeça, fazer seu oitavo gol na Série C.

Neto ampliou aos 32, em boa cobrança de falta. A pressão prosseguiu na segunda etapa e Ryan ampliou logo no primeiro minuto, para liquidar a fatura.

Envolvido e entregue, o Tomazinho não conseguia chegar ao gol. As melhores oportunidades dos meritienses surgiam em chutes de longa distância. Foi assim que, aos 10 minutos, Kennedy descontou para os cruzmaltinos.

O gol dos visitantes não mudou o panorama do jogo. Sem forças para reverter a vantagem do Caec, o Tomazinho apresentava sinais de cansaço, enquanto os anfitriões administravam o resultado sem fazer esforço.

Além do Caec, sobem para a Série B2 o 7 de Abril, que superou o Esporte Clube Resende no outro playoff decisivo, o campeão Pérolas Negras e Campos, segundo colocado.