Campeão Carioca Feminino, Flamengo teve média de quase oito gols marcados por jogo

Flavia dribla goleira para marcar mais um gol no Campeonato Carioca | Divulgação
Flavia dribla goleira para marcar mais um gol no Campeonato Carioca | Divulgação

Para quem gosta de ver a rede balançar, o recém encerrado Campeonato Carioca Feminino de 2017 foi um prato cheio. Foram 143 gols marcados em 24 jogos. Mas o que chama ainda mais atenção é que mais de um terço desses gols foram marcados por uma única equipe: o Flamengo. As rubro-negras foram às redes por 63 oportunidades em apenas oito jogos disputados, uma média arrebatadora de 7,87 gols por partida.

A marca expressiva das meninas do Fla foi premiada com o tricampeonato conquistado de forma invicta, com 100% de aproveitamento na edição deste ano. E o que não faltou foi goleada. Nestas oito partidas, a única que não terminou com uma vantagem igual ou maior a três gols foi o duelo contra o Duque de Caxias, na fase classificatória, que acabou com vitória magra por 3 a 2.

Com exceção desta partida, o Flamengo, que atua com atletas da Marinha do Brasil, venceu suas adversárias com extrema facilidade. Na quinta rodada da fase inicial, por exemplo, a partida contra o Barcelona terminou 18 a 0 para as rubro-negras. E tudo indica que o placar seria ainda mais elástico, não fosse a paralisação do duelo no início do segundo tempo por falta do número mínimo de sete atletas da equipe adversária para continuar o confronto, como determina a regra do esporte.

DISPARIDADE TÉCNICA

Méritos do Fla ou fragilidade das adversárias? Um pouco das duas coisas. Destaque da campanha e artilheira do Campeonato com dez gols, a meia atacante Flávia Giovanna, em conversa com a reportagem do Livesporte.com, entende que o nível técnico da competição está abaixo do Campeonato Paulista e critica a postura das atletas que enfrentou.

— Treinamos muito. Acho que não tem um time que treina mais que a gente. Nosso time é muito dedicado e esforçado. Temos uma equipe muito boa. Infelizmente o Campeonato Carioca é bem fraco perto de São Paulo. Jogamos contra times que as meninas já entravam em campo derrotadas, queriam que o jogo acabasse logo — desabafa Flávia, que dividiu a artilharia do Carioca com a meio-campista Jú, também do Flamengo.

O fim da competição marca o encerramento da temporada para as rubro-negras, que foram eliminadas nas quartas de final do Campeonato Brasileiro. Agora as meninas terão duas semanas de folga e se reapresentarão dia 20, para o início da pré-temporada, no Cefan, em Olaria.

CAMPANHA DO FLAMENGO NO CARIOCA FEMININO

Fase classificatória

America 0 x 5 Flamengo
Flamengo 7 x 1 Cruzeiro
Duque de Caxias 2 x 3 Flamengo
Flamengo 18 x 0 Barcelona
Portuguesa 0 x 3 Flamengo
Flamengo 5 x 0 Brasileirinho

Triangular final

Duque de Caxias 3 x 10 Flamengo
Flamengo 12 x 0 America