Cesár brilha, Dourado marca e Flamengo vence o Santos no Maracanã

Henrique Dourado marcou o gol da vitória do Flamengo sobre o Santos | Gilvan de Souza (CRF)

O Flamengo venceu o Santos, por 1 a 0, na tarde desta quinta-feira (15), no Estádio do Maracanã. Henrique Dourado marcou o gol da partida. Com a vitória, o rubro-negro carioca continua, mesmo que distante, na busca pelo líder Palmeiras, que está sete pontos à frente. Matematicamente, o título ainda é possível.

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO

Comemorando 123 anos de fundação, o Flamengo conseguiu presentear o seu torcedor. Na primeira etapa, o rubro-negro teve 62% de posse bola, mas não conseguia transformar isso em chances reais de gol. Aos 21 minutos, Vitinho passou por Victor Ferraz pela esquerda e chutou forte, mas Vanderlei fez a defesa. O rubro-negro martelou os visitantes nos primeiros 30 minutos, mas as finalizações eram sempre sem perigo. Aos 40, Diego arriscou de longe e a bola passou por cima do gol, assustando Vanderlei.

Com muitas dificuldades de infiltrar, a equipe carioca tentou, nos minutos finais, arriscar de fora da área. Não deu certo e o juiz apitou o fim do primeiro tempo sem gols no Maracanã. Insatisfeita com a equipe, a torcida rubro-negra não poupou os jogadores das vaias.

DOURADO ENTRA E MARCA; CESÁR BRILHA

O Flamengo voltou com uma alteração no intervalo: Uribe deixou o gramado para entrada de Henrique Dourado. Mas quem começou brilhando foi César. Logo no primeiro minuto, Jean Mota lançou, Bruno Henrique, que recebeu e bateu no canto para boa defesa do goleiro. Aos 16, o goleiro salvou de novo. Rodrygo avançou desde o meio campo, invadiu a área e mais uma vez o goleiro evitou que os santistas abrissem o placar. Aos 20, o Santos perdeu uma ótima oportunidade. Pituca acertou exclente passe para Bruno Henrique, que cruzou rasteiro para Gabigol, o atacante finalizo mal, e César defendeu mais uma.

Quando parecia que o gol santista estava maduro, apareceu Henrique Dourado. Aos 27 minutos, o atacante foi lançado por Berrío e bateu de primeira, sem chances para Vanderlei. 1 a 0 Flamengo.

Daí em diante, a partida voltou a ficar morna. Até os 40 minutos, quando Gabigol foi derrubado por Léo Duarte na área. O assistente atrás do gol viu a infração e avisou o árbitro, que assinalou o pênalti. Na cobrança, Gabigol bateu fraco, no meio do gol e César garantiu a vitória rubro-negra no Maracanã.

César defendeu o pênalti cobrado por Gabigol quando o Flamengo vencia a partida por 1 a 0 | Gilvan de Souza (CRF)

Flamengo 1 x 0 Santos

Maracanã (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Luciano Roggenbaun e Luiz H Souza Santos Renesto

Flamengo: César, Rodinei, Réver, Léo Duarte e Pará; Cuellar, Rômulo (Jean Lucas), Diego e Everton Ribeiro; Vitinho (Berrío) e Uribe (Henrique Dourado). Técnico: Dorival Júnior

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Yuri, Gustavo Henrique e Dodô (Renato); Alison (Eduardo Sasha), Pituca e Arthur Gomes (Jean Mota); Rodrygo, Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Cuca

Gol: Henrique Dourado – Flamengo (27/2º tempo)

Cartões amarelos: Rodinei (Flamengo); Yuri, Alison, Gabigol, Jean Mota e Gustavo Henrique (Santos)

Cartões vermelhos: Não houve.

Público: 46.067 pagantes

Renda: R$ 1.136.024