Flamengo vence o Emelec e garante vaga para as oitavas da Libertadores

Em noite inspirada, Éverton Ribeiro teve uma atuação de gala e marcou os dois gols da classificação Rubro-negra | Gilvan de Souza

Depois de eliminações na 1ª fase nas três últimas participações na Libertadores, o Flamengo, enfim, avançou às oitavas de final da competição. E dessa vez a vaga veio com uma rodada de antecipação, graças à vitória por 2 a 0 sobre o Emelec, nesta quarta-feira (16), no Maracanã, com dois gols de Éverton Ribeiro. Com o triunfo, o Flamengo chegou a 9 pontos e segue em segundo lugar no Grupo 4.

O jogo começou franco, com ambas as equipes se lançando para frente e dando margens para contra-ataques. A primeira chance foi do Fla, com Vinicius Júnior, aos 5 minutos. O Emelec respondeu logo depois, em chute de Preciado que explodiu na zaga.

A partir daí, o Rubro-Negro assumiu o controle da partida. E chegou com perigo três vezes em sequência: em cabeceio de Juan aos 23, que Dreer espalmou para o travessão, em chute de Éverton Ribeiro para fora aos 24 e em chute fraco de Dourado aos 25. Nos minutos finais, Juan cabeceou mais uma bola na trave.

O time equatoriano só voltou a ameaçar aos 45, em cruzamento de Lastra, que Rever cortou mal e Diego Alves precisou jogar para fora. No lance, Juan sentiu, foi substituído e o árbitro encerrou a etapa antes da cobrança de escanteio.

O Fla tirou o zero do placar logo no início da segunda etapa. Renê tabelou com Vinicius Jr. e tocou para trás, Diego chutou e Dreer defendeu. No rebote, Éverton Ribeiro mandou para o fundo das redes. E seguiu no controle do jogo. Dando espaço para o Emelec apenas aos 11, em chute de Luna.

O Rubro-Negro ameaçou mais duas vezes, em bomba de Rodinei e chute de Dourado, ambos interceptados pela defesa. Aos 32, Vinicius Junior desperdiçou a chance mais clara. A defesa do Emelec recuou errado, e o atacante do Fla demorou a perceber que não estava em condição de impedimento.

Os equatorianos deram um susto aos 39, em chute de Preciado e rebote de Lastra. Aos 46, Éverton Ribeiro, de novo, em linda cobrança de falta, espantou qualquer chance de o fantasma da 1ª fase voltar a assombrar o Fla.

Na próxima quarta-feira, o Flamengo decidirá a liderança do grupo e a vantagem de decidir em casa nas oitavas de final, contra o River Plate, às 21h:45, no Monumental de Núñez, na Argentina,

 

Flamengo 2 x 0 Emelec-EQU

Estádio Maracanã (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Diego Haro – PER

Assistentes: Raul Lopez Cruz – PER e Victor Raez – PER.

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Juan (Léo Duarte), Réver, Renê; Cuellar, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro, Vinícius Júnior, Diego (Jonas); Henrique Dourado (Marlos Moreno). Técnico: Maurício Barbieri.

Emelec: Dreer; Paredes, Jaime, Mejía, Baguí; Arroyo (Burbano), Lastra, Orejuela, Matamoros (Luna); Preciado, João Rojas (Montero). Técnico: Alfredo Arias.

Cartões amarelos: Diego, Lucas Paquetá (Flamengo); Preciado, Lastra, Mejia (Emelec)

Cartões vermelhos: Maurício Barbieri (Flamengo)

Gols: Éverton Ribeiro– Flamengo (03’/ 2° tempo); Éverton Ribeiro– Flamengo (46’/ 2° tempo).