Com dois gols de pênalti, Flu bate Voltaço e mantém 100% no segundo turno

Uma vitória para não dar mais brechas para questionamentos. Depois do tropeço para o Avaí-SC no meio de semana, pela Copa do Brasil, o Fluminense virou a chave e manteve os 100% de aproveitamento na Taça Rio, segundo turno do Campeinato Carioca. Pedro e Robinho, ambos de pênalti, garantiram o 2 a 1 – Marcelo descontou – diante do Volta Redonda, na tarde deste domingo (04), em Los Larios, pela terceira rodada da competição.

O gol logo aos sete minutos deixou o jogo à feição do Fluminense. Pedro converteu pênalti sofrido por Ayrton Lucas. Com o campo encharcado, o Tricolor deixou a bola mais com o Volta Redonda e tentou aproveitar os espaços para contra-ataques. Não foram muitos, a equipe praticamente não atacou, mas o Volta Redonda também não conseguiu levar perigo ao gol de Julio Cesar. Sem criatividade, a opção era apelar para bolas aéreas, quase sempre rechaçadas pela defesa do Flu.

Na volta do intervalo, o Fluminense teve mais a bola e jogou melhor. Com o campo menos molhado, Sornoza apareceu mais e conduziu a equipe ao ataque. Boas oportunidades foram criadas e o goleiro Douglas começava a se destacar quando a arbitragem marcou mais um pênalti em Ayrton Lucas. Dessa vez, foi Robinho quem cobrou e marcou: 2 a 0 para o Tricolor. Logo em seguida, foi Ayrton Lucas quem fez pênalti em Fernandinho. Marcelo descontou e o Voltaço tentou pressionar, mas não foi capaz de assustar muito. No fim, vitória e 100% de aproveitamento do time tricolor.

Com o resultado o time do técnico Abel Braga chegou aos nove pontos e lidera – de forma isolada – o Grupo C da Taça Rio, enquanto o Volta Redonda que soma apenas um ponto é o lanterna do Grupo B. Na próxima rodada o Tricolor  tem o clássico contra o Vasco pela frente, na quarta-feira (07), às 19h30, no Estádio Nilton Santos. Já o Voltaço visita o Macaé, no mesmo dia, mas às 16h.

 

Fluminense 2×1 Volta Redonda

Estádio de Los Larios (Duque de Caxias)

Árbitro: Daniel Victor Costa Silva

Assistentes: Michael Correia e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá

Fluminense: Júlio César; Gum, Renato Chaves e Ibañez; Gilberto, Richard, Jadson, Sornoza (Léo) e Ayrton Lucas; Robinho (Pablo Dyego) e Pedro (Dudu). Técnico: Abel Braga.

Volta Redonda: Douglas Borges; Luiz Gustavo, Daniel Felipe, Gilberto e Luiz Paulo; Bruno Barra (Mauro), Pablo, Marcelo e Vinícius Pacheco (Fernandinho); Dija Baiano e Núbio Flávio (Anselmo). Técnico: Marcelo Salles.

Cartões amarelos: Richard (Fluminense); Bruno Barra, Luiz Gustavo, Vinícius Pacheco (Volta Redonda)

Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Pedro – Fluminense (07/1º tempo); Robinho – Fluminense (21/2º tempo); Marcelo – Volta Redonda (25/2º tempo)

Público: 652 pagantes e 820 presentes

Renda: R$ 14.300,00