Com gol de Edu, Itaboraí bate o Goyta e fica em vantagem na Copa Rio

Gol de Edu deu a vitória ao Itaboraí no duelo de ida das oitavas de final da Coap Rio | Marina Damas (Live Esporte)

Itaboraí e Goytacaz se enfrentaram pela primeira etapa do mata-mata das oitavas de final da Copa Rio. O duelo aconteceu na tarde desta quarta-feira (08), no Estádio Alzirão, em Itaboraí e os donos da casa saíram na frente da disputa, pelo placar de 1 a 0 com gol do centroavante Edu.

PRIMEIRA ETAPA MARCADA POR ERROS DAS DUAS EQUIPES

A primeira etapa foi marcada por muitos passes errados de ambas equipes e bolas aéreas. Aos sete minutos, João Vitor chutou forte do meio-campo, mas Eduardo colocou para escanteio e nada feito. Até os 15 minutos, Itaboraí e Goytacaz não conseguiam construir muitas jogadas pelo meio de campo e muito menos finalizar para o gol. Era nítida a dificuldade das equipes na troca de passes. As melhores jogadas da Águia saiam do lado direito pelo lateral Ronaldo, que tentava aproveitar as chances que construía. A melhor jogada do Goytacaz saiu dos pés de Jeffinho, que em chute forte tentou finalizar para defesa do goleiro Eduardo. Do outro lado, após cruzamento de Erick Daltro, Bruno Santos cabeceou e a bola saiu pela direita do gol.

EDU DEIXA SUA MARCA NA SEGUNDA ETAPA

A segunda etapa começou bastante parecida com a primeira e as duas equipes ainda erravam bastante. O Goytacaz aproveitava os erros de finalizações do Itaboraí para sair no contra-ataque. O lado direito do ADI que funcionava bem no primeiro tempo, não conseguia mais se destacar. O treinador Rafael Soriano resolveu mexer e tirou Júnior Pagode e Bruno Santos para entrada de Douglas e Thiago Accioli, respectivamente. Substituição fatal: com a entrada dos atacantes, as melhores jogadas começaram a sair dos pés deles. Nos acréscimos, aos 46, após cruzamento de Accioli, Edu cabeceou e marcou para a equipe de Itaboraí que sai na frente pela disputa de uma vaga na próxima etapa.

Para Rafael Soriano, a vitória sobre o Goytacaz foi importante mas garantiu que o jogo da volta será muito difícil.

— Foi uma vitória importante porque é sempre bom levar uma vantagem pro jogo de volta, especialmente no Goytacaz que a gente sabe que é muito difícil jogar lá em Campos no Arizão por conta da torcida, a força que eles têm dentro de casa, então a gente não queria perder a vantagem. Eu acho que conseguimos fazer um bom jogo e o mais importante de tudo foi a confiança também para continuar na Série B1, porquejá são seis jogos de invencibilidade.

Sem duvidas, uma vitória sempre da moral pra sequência que a gente vai pegar no outro campeonato. Precisamos virar a página agora para voltar a pensar no jogo de domingo contra o América pela série B1 do carioca. O principal do resultado de hoje foi a gente conseguir essa vantagem mínima, mas estamos conscientes que vai ser um jogo muito difícil – disse o treinador.

Do lado do Goyta, o treinador Paulo Henrique analisou a partida de uma forma bem disputada.

— A minha análise pro jogo de hoje, é que foi bem disputado. O Goytacaz fez aquilo dentro do que podíamos fazer e sem restrições dentro da parte tática. O Itaboraí teve a chance (do gol), porque a maioria das jogadas deles são alçadas dentro da área, diferente do Goytacaz que cria mais. Eles tiveram muitas jogadas também que o juiz invertia as faltas, eu até cheguei a falar com ele. Mas a garantia é que a cabeça para o próximo jogo está boa e tranquila, vamos aguardar a equipe do Itaboraí na nossa casa, fazer as honras e disputar um grande jogo. Nós temos condições de reverter o quadro, não com tranquilidade, mas jogando futebol – garantiu Paulo Henrique.

Com esse resultado, a Águia leva a vantagem do empate para o jogo de volta, na quarta-feira (22) no Estádio Azirão, em Campos.

Itaboraí 1×0 Goytacaz 

Local: Estádio Alziro de Almeida (Alzirão)

Árbitro: Elton Azevedo

Assistentes: Ricardo Nogueira da Silva e Rafael Gomes Rosa

Itaboraí: Eduardo; Ronaldo, Rodrigão, Victor Silva e Erick Daltro; Peterson, Fábio Azevedo (Gustavo Moura), Junior Pagode (Douglas) e Nélio; Bruno Santos (Thiago Accioli) e Edu. Técnico: Rafael Soriano.

Goytacaz: Paulo Henrique; Tenente, Cleiton, Edson e Almir; Jefinho, João Vitor, Anderson Canhoto (Aloísio) e Gabriel Leite; Diniz (Talis) e Juninho (Tiago Amaral). Técnico: Paulo Henrique.

Gols: Edu (ADI 46’ 2T)

Cartões amarelos: Victor Silva, Douglas, (ADI); Edson, Jeffinho (GOY)

Cartões vermelhos: Não houve

Público: 235 presentes (205 pagantes)

Renda: R$ 1715,00