Com hat-trick de Abner, Cabofriense vence Resende na estreia do Carioca

Que tarde! Abner, Camisa 11 da Cabofriense fez três gols nesta quarta-feira e ajudou a equipe de Cabo Frio a sair vitoriosa pelo placar de 3 a 0 do duelo contra o Resende, no Estádio Alair Corrêa, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, em partida válida pela primeira rodada da fase preliminar do Campeonato Carioca.

LEIA TAMBÉM: Macaé não toma conhecimento do Goytacaz e vence na estreia do Carioca

Com a bola rolando a Cabofriense chegou primeiro. Aos trancos e barrancos, Abner foi avançando pela defesa do Resende e bateu mascado da entrada da área. Arthur ainda tocou nela e bola saiu para escanteio, aos quatro minutos de partida. Pouco tempo depois, aos 10, o primeiro gol do Campeonato Carioca de 2018. Abner recebeu bola de Kaká na ponta esquerda, puxou para dentro tirando o zagueiro PV da jogada, e bateu de perna direita no canto do arqueiro do alvinegro: 1 a 0 Cabofriense no placar do duelo.

O time da casa seguia melhor na partida e o Resende parecia perdido em campo. Aos 14, um grande vacilo da defesa do Gigante do Vale, que saiu jogando trocando passes com o goleiro Arthur e quase se complicou. Bruno roubou a bola de Thiago Salles e foi em direção ao gol, mas errou o último passe. No lance seguinte, em jogada originada de um lateral na ponta direira, a Cabofriense tocou bola dentro da área do Resende e Davi Ceará finalizou por cima do gol de Arthur,em mais um susto para os visitantes.

Somente aos 19 minutos o Resende acordou e chegou assustando a defesa do time de Cabo Frio. Após cruzamento para dentro da área, a zaga cortou mal e Murilo chegou pela esquerda batendo forte e cruzado, obrigando o goleiro George a fazer uma defesa difícil. Porém a primeira chegada do Alvinegro não mudou o panorama da partida e, aos 23, Arthur voltou a salvar sua equipe. Thiago Salles e Davi Ceará se embolaram em disputa, a bola pingou livre na entrada da área para João Carlos, que tentou de voleio e parou uma defesa espetacular do arqueiro do Resende.

Após um início de jogo avassalador a Cabofriense diminuiu o seu ritmo e mesmo assim continuou tendo amplo domínio da partida, já nos acréscimos o time de Cabo Frio chegou ao seu segundo gol. Abner tocou para a ultrapassagem rápida de Airton e o lateral cruzou para o meio. A bola passou por Arthur e Thiago Salles cortou mal, nos pés de Abner, que bateu cruzado, balançou as redes novamente e deu números finais a primeira etapa: Cabofriense 2 a 0.

SEGUNDA ETAPA MORNA E HAT-TRICK DE ABNER

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com a Cabofriense melhor. Logo aos oito minutos Abner fez um salseiro na defesa do Resende, invadiu a área e bateu cruzado para o gol, quase fazendo o terceiro gol dos donos da casa. Já no minuto seguinte veio a resposta do Resende. Wandinho carregou a bola pela esquerda, chegou até a linha de fundo e cruzou para trás. Léo Lisboa apareceu livre para o chute, mas bateu mascado e a defesa afastou o perigo.

Resende não foi capaz de segurar o ímpeto da Cabofriense ao longo da partida | Marcos Faria

Depois disso a partida passou a ficar bastante truncada e apenas Wandinho tentava empurrar o Resende para o ataque, enquanto a Cabofriense administrava o resultado. Aos 23, Abner recebeu lindo passe de Davi Ceará, dominou entre os zagueiros, avançou com muito espaço e bateu na saída do goleiro Arthur, para fazer 3 a 0 Cabofriense no placar do confronto.

No minuto seguinte, na saída de bola, quase virou goleada. O zagueiro PV errou domínio e deixou Bruno numa boa. O camisa oito avançou sozinho em direção ao gol, mas bateu por cima. Já no fim do duelo o Resende partiu para cima do adversário em busca de tentar diminuir o marcador. Aos 38, Wandinho ganhou na velocidade pela ponta esquerda, cruzou para o meio e Leandro Euzébio furou. A bola sobrou limpa para Jhulliam, mas o atacante passou um pouco da bola, se desequilibrou e perdeu uma grande chance de diminuir para o Resende.

Por fim, mais nenhuma chance de perigo de ambos os lados e a partida foi encerrada pelo árbitro, Lenilton Rodrigues Gomes Junior, aos 50 minutos da segunda etapa. Com o resultado de 3 a 0 no placar, a Cabofriense saiu vitoriosa do confronto e lidera a primeira fase do Estadual.

Na próxima rodada da fase preliminar do Campeonato Carioca a Cabofriense vai até Campos dos Goytacazes, para enfrentar o Goytacaz, no Estádio Aryzão, às 16h, da próxima quarta-feira (27). Já o Resende recebe o America, na quinta-feira (28), às 20h30, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Cabofriense 3 x 0 Resende

Estádio Alair Corrêa (Cabo Frio)

Árbitro: Lenilton Rodrigues Gomes Junior

Assistentes: Jackson Lourenço Mazara dos Santos e Diego Luiz Couto Barcelos

Cabofriense: George; Wellington, Victor Silva, Leandro Euzébio e Levi; Airton, Kaká (Gama), Bruno e João Carlos (Carlos Alberto); Davi Ceará e Abner (Henrique). Técnico: Antonio Carlos Roy.

Resende: Arthur; Muriel, PV, Thiago Sales e Wagner Carioca; Murilo Ceará, Yago (Wallace) , Dieguinho e Jhulliam; Léo Lisboa (Chacal) e Wandinho (Kaique). Técnico: Carlos Leiria.

Cartões amarelos: Airton (Cabofriense), Chacal (Resende)

Gols: Abner(10/1º tempo), Abner (45/ 1º tempo) e Abner (23/2º tempo)

Público: 850 pagantes e 950 presentes

Renda: R$6.750,00