Com luta entre “Davi e Golias”, Favela Kombat 31 foi sucesso de público e consagrou Felipe “Playboy”

Foto: Fabio Leandro

O clube Mauá de São Gonçalo foi o placo escolhido para a primeira edição do Favela Kombat em 2019, com um card que contou com duas disputas de cinturões, o que não faltou foi emoção para o bom público presente, e também para os internautas que acompanharam a transmissão online, que vibraram também com a luta de muay thai entre Celson, de 1,63m de altura, e Sávio, de 2m de altura.

O Main-event foi uma verdadeira guerra, valendo o cinturão dos moscas, Rodrigo “Kamikaze” e Felipe “Playboy” não decepcionaram. Em um duelo de estilos, levou a melhor o atleta que era oriundo da luta em pé, pupilo do lendário Russão, Felipe “Playboy” aplicou um chute no rosto de “Kamikaze”, que já caiu sem nenhuma reação. Decretento a vitória por nocaute, no terceiro round, de “Playboy”, novo campeão peso-mosca do Favela Kombat.

O novo campeão, Felipe “Playboy”, com o mestre Russão.

A final do GP feminino de Muay Thai, categoria até 60kg, foi uma revanche entre Rebeca e Lohanna, que haviam se enfrentado na primeira luta do GP, com vitória para Lohanna por decisão dividida. Após se credenciar para a decisão, Lohanna ficou esperando a luta entre Rebeca e Deize “tempestade”, que terminou com a vitória de Rebeca. Na decisão, valendo o cinturão até 60kg, após aplicar excelentes joelhadas, e saber utilizar sua envergadura, Rebeca mostrou que pode dominar a categoria, vencendo por decisão unânime.

Ainda no card principal, um duelo de strikers, entre Uemerson “King” e Wesley “Mutante”, foi considerado o melhor combate da noite, principalmente pelo nível técnico dos atletas. Após dominar os dois primeiros rounds, principalmente aplicando excelentes quedas, Uemerson “King”, após aplicar uma bela cotovelada, desferiu uma sequencia brutal de socos no ground-and-pound e terminou a luta sem precisar da decisão dos juízes laterais, conquistando a vitória por nocaute técnico e também o direito de disputar o cinturão na categoria até 77kg.

‘King” disputará cinturão(foto: Click Dreams).

No card preliminar, o público aguardava um confronto inusitado, com Celson, de 43 anos e 1,63m de altura, enfrentando Sávio, de 22 anos e 2m de altura. Em luta de Muay Thai, que pela repercussão durou cinco round de três minutos cada, Celson não tomou conhecimento da envergadura e juventude de Sávio, vencendo o duelo por decisão unânime.

Foto: Leandro D’Paula

O card ainda contou com o possível confronto pelo cinturão dos pesados entre, atual campeão da categoria, Carlos Ruan “Caveirão”, e Júnior “Negão, que venceu Diogo “Bebezão” na abertura do card principal. O presidente da organização, Claudinho FK, deu um prazo até agosto para a preparação de “Caveirão”, caso contrário, o título ficará sem dono e terá Junior Negão aguardando adversário para a disputa do cinturão vago.