Com um a mais, Americano só empata em casa com o Novorizontino

Faltou pouco. De volta à uma competição nacional depois de pouco mais de dez anos, o Americano não conseguiu sair com a vitória contra o Novorizontino, na tarde desta segunda-feira (23), em confronto realizado no Estádio Moacyrzão, em Macaé, pela primeira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Com um gol de pênalti do adversário aos 45 minutos da etapa final, a partida terminou com o empate em 2 a 2 no placar.

Os visitantes mostraram que dariam trabalho logo no início da partida e abriram o placar no primeiro minuto de jogo. Larte saiu jogando errado, Cléo Silva aproveitou o erro da defesa do Cano e chutou para o fundo das redes: Novorizontino 1 a 0. Contudo, a equipe do técnico Josué Teixeira fez questão de dar uma resposta à altura. Dez minutos depois, Valdir cobrou lateral dentro da área, a bola sobrou para o estreante Claudio Maradona, que aproveitou a oportunidade e deixou tudo igual no Moacyrzão.

Dois minutos depois, a virada. Aos 13, a arbitragem viu toque de mão da defesa do time paulista dentro da área e assinalou pênalti. Marquinhos cobrou bem e colocou o Americano na frente do marcador. O time de Campos soube administrar a vantagem e levou o 2 a 1 para o vestiário.

No segundo tempo o Alvinegro ainda teve a chance de matar o duelo com Valdir, aos 24 minutos, mas o jogador desperdiçou a oportunidade. E, mesmo com um a menos após Felipe ser expulso pelo segundo cartão amarelo, aos 40 minutos, o time de São Paulo conseguiu o empate. Aos 45 minutos, Paulo Vitor chegou atrasado em disputa de bola, derrubou Leonardo dentro da área e a arbitragem marcou a penalidade. Valdeir converteu a cobrança e deu números finais ao confronto: 2 a 2.

Com o empate, as duas equipes somaram um ponto na competição e aparecem empatadas na segunda colocação do Grupo A13, atrás do Uberlândia, que venceu na rodada e aparece na ponta com três pontos. Sem nenhum ponto somado o Atlético-ES amarga a lanterna da chave.

Pela segunda rodada do Grupo A13 da Série D do Brasileiro o Americano vai até o José Olívio Soares, no Espírito Santo, enfrentar o Atlético-ES, às 15h, na terça-feira, dia 1º de maio.

 

Americano 2×2 Novorizontino

Estádio Claudio Moacyr de Azevedo (Macaé)

Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista (BA)

Assistentes: Cláudio Antônio Dias Aragão (BA) e Luanderson Lima dos Santos (BA)

Americano: Luiz; Valdir, Admilton, Espinho, Rafinha e Laerte; Vandinho, Marquinhos, Maikon Aquino e Paulo Vitor (Sanderson); Cláudio Maradona (Luan). Técnico: Josué Teixeira

Novorizontino: Oliveira; Vinícius (Nathan), Guilherme, Felipe e Reverson; Diogo Lucio, Cleo Silva, Jocinei e Elvis Marley (Valdeir); Tiago e Valmir (Leonardo). Técnico: Ito Roque.

Cartões amarelos: Maikon Aquino e Admilton (Americano); Vinícius e Guilherme (Novorizontino)

Cartão vermelho: Felipe (Novorizontino)

Gols: Cleo Silva – Novorizontino (01’/1º tempo); Cláudio Maradona – Americano (11’/1º tempo); Marquinhos – Americano (13’/1º tempo); Valdeir – Novorizontino (45’/2º tempo)

Público e Renda: Não foram divulgados