Com um a menos, Flamengo vence o Sport e segue sonhando com o título

Lucas Paquetá foi expulso e deixou o Flamengo com um a menos durante quase toda a segunda etapa | Staff Images

Em duelo de campanhas distintas, melhor para quem ainda seguirá brigando na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. O Flamengo foi até a Ilha do Retiro, na tarde deste domingo (18), visitar o Sport em partida válida pela 35ª rodada, e, com um jogador a menos durante boa parte da segunda etapa, venceu pelo placar de 1 a 0. O gol da equipe carioca foi marcado por Willian Arão.

Com a vitória, o rubro-negro carioca chegou aos 66 pontos, voltou a vice-liderança da competição e diminuiu para cinco a diferença de pontos para o líder Palmeiras, que empatou com o Paraná, e ficou com 71 pontos na ponta da tabela de classificação.

POUCAS CHANCES E NADA DE GOLS

Como era de se esperar o confronto entre os rubro-negros começou equilibrado. Logo aos quatro minutos, Mateus Gonçalves fez boa jogada para o Sport e passou para Gabriel, que bateu mal. Pouco tempo depois foi a vez o Flamengo chegar. Geuvânio, que barrou Éverton Ribeiro, aproveitou sobra na entrada da área e pegou de primeira. A bola subiu demais.

Aos 13, o Leão teve uma grande chance para abrir o placar. Michel Bastos cobrou falta da entrada da área, e exigiu grande defesa do goleiro César. Na sequência, o arqueiro da equipe carioca sofreu falta. O Rubro-Negro carioca começou a ter o controle da partida, e por pouco não fez o primeiro, quando Paquetá fez jogada com Renê pelo lado esquerdo e cruzou para Vitinho. O camisa 14 pegou de primeira, mas Mailson fez a defesa.

A equipe pernambucana, por sua vez, buscava quebrar a imposição do Fla saindo em velocidade pelas pontas, principalmente com as descidas de Mateus Gonçalves pelo lado esquerdo. Michel Bastos teve a última chance da primeira etapa. A bola foi por cima.

PAQUETÁ É EXPULSO, MAS ARÃO SALVA O FLA

Ao contrário do que foi a etapa inicial, o Sport começou pressionando o Flamengo. Em dez minutos, a equipe pernambucana teve mais volume do que em todo primeiro tempo. Claudio Winck foi o mais perigoso em cabeçada, mas César fez a defesa.

O Leão, que já era melhor no jogo, viu a equipe carioca ficar com um a menos, quando Paquetá derrubou Ernando. O camisa 11 já tinha cartão amarelo e foi expulso.Mesmo com um a menos, o Fla era valente. O Sport não conseguia se aproveitar da vantagem numérica que tinha, e foi o visitante que por pouco não abriu o placar. Berrío, que foi uma das opções de Dorival Junior para a segunda etapa, tocou para Évertou Ribeiro, que devolveu em bom cruzamento. O colombiano testou, e a bola, caprichosamente, acertou o poste esquerdo do goleiro Maílson.

Logo em seguida, o Leão respondeu com Felipe Bastos. O volante arriscou o chute de longe, mas a bola foi bem defendida por César. A ineficiência pernambucana acabou sendo punida. Aos 37, Vitinho cobrou escanteio pela esquerda, Willian Arão subiu no primeiro pau e testou para o funda das redes : Flamengo 1 a 0.

O time da casa tentou um abafa nos minutos finais, mas o agora vice-líder do Campeonato Brasileiro colocou o coração na ponta da chuteira e se defendeu até o apito final do árbitro. Na próxima rodada, na quarta-feira (21), o Flamengo, ainda sonhando com o título do Campeonato Brasileiro, enfrenta o Grêmio, no Maracanã, às 21h45.

Sport 0x1 Flamengo

Estádio da Ilha do Retiro (Recife – PE)

Árbitro: Rafael Claus (FIFA/SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

Sport: Mailson; Cláudio Wink, Ronaldo Alves, Adryelson, Ernando; Marcão Silva (Fellipe Bastos), Jair, Michel Bastos (Matheus Peixoto), Gabriel; Mateus Gonçalves e Hernane (Marlone). Técnico: Milton Mendes.

Flamengo: César; Léo Duarte, Rhodolfo, Réver, Renê; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Geuvânio (Éverton Ribeiro), Vitinho (Piris da Motta ); Henrique Dourado (Berrío). Técnico: Dorival Júnior.

Cartões amarelos: Cláudio Winck (Sort) e Lucas Paquetá (Flameng )

Cartões vermelhos: Lucas Paquetá (Flamengo)

Gols: Willian Arão, – Flamengo (37’/2º tempo)

Público: 26.005 presentes

Renda: R$ 283.760,00