Com um a menos, Flu bate o Cruzeiro e vence a primeira no Brasileiro

O Jovem Pedro marcou seu nono gol no ano e vem sendo um dos destaques do Fluminense | Lucas Merçon (FFC)

Superação! É a palavra que resume a vitória do Fluminense sobre o Cruzeiro, por 1 a 0, neste domingo (22), no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor teve Gilberto expulso aos 15 minutos da primeira etapa, mas, mesmo assim, conseguiu superar a desvantagem numérica, segurar a pressão da Raposa, e vencer com gol de Pedro. Com o triunfo, o time das Laranjeiras somou os seus primeiros três pontos na competição. Já o Cruzeiro segue sem pontuar.

Depois de um começo de jogo sem muitas emoções, o Fluminense teve o lateral Gilberto expulso aos 15 minutos, após uma voadora por trás em Sassá. Parecia que o Cruzeiro teria a vida mais fácil no Maracanã. Parecia. O time de Mano Menezes, mesmo com um jogador a mais, não conseguiu criar chances claras de gol, se enrolou nos contra-ataques, e parou diante de um Fluminense que compensou a desvantagem numérica com a vontade de seus jogadores.

Na segunda etapa, o prêmio pela luta do Fluminense veio logo aos três minutos, quando Sornoza cobrou falta pela esquerda, Gum desviou de cabeça, a bola bateu em Pedro e acabou com qualquer reação do goleiro Fábio: 1 a 0. Depois disso, o Cruzeiro seguiu encontrando dificuldades, finalizou muito, é verdade, mas poucas vezes esteve perto de empatar o jogo, ambas com Arrascaeta: primeiro, acertou a trave, e depois, cara a cara com Júlio César, bateu e viu o goleiro do time carioca fazer um milagre.

A próxima partida do Fluminense válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro será contra o São Paulo, no domingo (29), às 16h, no Maracanã. O Cruzeiro vai a Porto Alegre enfrentar o Internacional, no mesmo dia, às 19h, no Beira-Rio.

Fluminense 1 × 0 Cruzeiro

Estádio Maracanã (Rio de Janeiro)

Árbitro:Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e  Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Fluminense: Julio Cesar; Gilberto, Gum, Renato Chaves, Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Sornoza (Luan Peres); Marcos Júnior (Pablo Dyego), Pedro (Douglas). Técnico: Abel Braga.

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero (Rafinha), Dedé, Léo, Marcelo Hermes; Lucas Silva (David), Henrique, Robinho, Mancuello (Arrascaeta), Thiago Neves; Sassá. Técnico: Mano Menezes.

Cartões amarelos: Renato Chaves, Pedro, Julio Cesar (Fluminense) Arrascaeta, Dedé (Cruzeiro)

Cartão vermelho: Gilberto (Fluminense)

Gols: Pedro – Fluminense (03 /2º tempo)