Contra o America, Resende vence a primeira no Carioca

Resende e America entraram em campo na tarde desta quinta-feira (28), para duelo válido pela segunda rodada da fase preliminar do Campeonato Carioca, no Estádio do Trabalhador, em Resende, no Sul do Estado, muito pressionados por uma vitória e essa pressão se refletiu em campo. Em jogo eletrizante, com direito a duas viradas, uma para cada lado e muita chuva, o Gigante do Vale bateu a equipe rubra por 3 a 2, conquistou seus primeiros pontos na competição e de quebra, complicou a vida do America, primeira equipe com duas derrotas no campeonato.

Jogando em casa, o Resende partiu para cima do America desde o início da partida em busca da sua primeira vitória no Carioca. Aos seis, Jhulliam aproveitou passe longo vindo da defesa, entrou na área com liberdade e cruzou baixo para Wandinho, mas a defesa chegou antes e cortou para escanteio. No minuto seguinte, após a cobrança do escanteio, Jhulliam apareceu sozinho no primeiro pau, mas tirou muito do goleiro e a bola apenas balançou as redes pelo lado de fora.

Até a parada técnica, aos 20 minutos, o Gigante do Vale seguia sendo superior ao time rubro e dominava as ações ofensivas da partida, mas levava pouco perigo ao gol defendido por Felipe. Enquanto o America seguia criando pouquíssimas jogadas de ataque, assim como na estreia diante do Bonsucesso, e insistia em apostar em jogadas aéreas.

Aos 23, Jhulliam recebeu passe no ataque, fez belo trabalho de pivô e rolou para Wagner Carioca, que chegou de trás chutando de primeira, a bola desviou na defesa e saiu em escanteio, levando perigo ao gol defendido por Felipe. Três minutos depois, pênalti para o Resende. Wagner Carioca cobrou falta para dentro da área, a bola desviou na barreira e na sobra  bateu no braço de Corrêa.  Jhulliam pegou a bola, foi para cobrança, deslocou o goleiro americano e fez 1 a 0 para o Gigante do Vale.

Sem dar muito tempo para o Resende comemorar, o America chegou ao empate aos 30, quando Belarmino fez excelente cruzamento para dentro da área e encontrou Anderson Kunzel livre de marcação, o camisa oito do Mecão cabeceou para o chão e não deu chances para Arthur: 1 a 1 no placar. Após sofrer o gol os donos da casa reagiram e quase conseguiram ter a vantagem no marcador novamente, quando aos 38, Pingo aproveitou falha de Berlamino, invadiu a área pela esquerda e cruzou pra Jhulliam, que perdeu grande chance.

Dois minutos depois, a virada do America. Assis cobrou falta de muito longe com perfeição e acertou o ângulo de Arthur, para colocar o Mecão a frente do placar: 2 a 1. Na sequência, Aos 42, Wagner Carioca cruzou com liberdade, Jhulliam mergulhou para tocar de cabeça, conseguiu desviar e bola passou muito perto da meta americana, no último lance de perigo da eletrizante primeira etapa, em Resende.

DILÚVIO E VIRADA DO RESENDE NO SEGUNDO TEMPO

Segundo tempo da partida foi marcado por chuva muito forte | Laís Patrício (AFC)

Após a volta do intervalo o Gigante do Vale passou a tomar as rédeas da partida se lançou ao ataque. Aos oito minutos, Wandinho passou por dois marcadores, deu linda caneta em Belarmino e rolou paro meio. Jhulliam fez o corta-luz e Wagner Carioca chegou batendo muito mal, por cima do gol. No minuto seguinte, o empate. Muriel apareceu livre na ponta direita e cruzou rasteiro para Lohan, que estava sozinho no segundo pau, marcar: 2 a 2 no marcador do duelo.

Pouco tempo depois o America apareceu no ataque para dar uma resposta ao adversário. PV cortou a bola de cabeça nos pés de Guaraci, que avançou em direção ao gol e bateu cruzado, a bola passou perto do gol de Arthur. A partir dos 15 minutos da segunda etapa um dilúvio passou a ser o personagem principal da partida no Estádio do Trabalhador.

Aos 20, Lohan recebeu na entrada da área, tirou do zagueiro e bateu para o gol, a bola saiu tirando tinta da trave direita de Felipe. Apesar da forte chuva que caía nos arredores do estádio, o Resende dominava as ações do jogo e fazia uma pressão impressionante para cima do America. Aos 30, Thiago Salles aproveitou falha da defesa americana após cobrança de falta para dentro da área e bateu na saída do goleiro Felipe para virar o jogo a favor do time alvinegro: 3 a 2 para o Gigante do Vale no placar.

A partir daí o gramado começou a acumular poças e passou a ficar praticamente impossível trocar passes para ambos os lados, o que resultou em muitos chutões para frente e lançamentos longos das duas equipes. Aos 35, Wandinho recebeu livre na direita, bateu forte, quase sem ângulo, a bola explodiu no peito do goleiro Felipe e voltou. Na sequência, ele cruzou para Jhulliam, sozinho e sem goleiro, mas o camisa nove cabeceou por cima.

Depois disso, o America abandonou qualquer tática e foi todo para o ataque. Contudo, a estratégia não surtiu efeito e a partida foi encerrada ao 48 minutos, com vitória de virada do Resende por 3 a 2. Agora, as duas equipes terão 10 dias de folga e só voltam a campo no próximo fim de semana.

No sábado (06), o America recebe o Goytacaz, às 16h em jogo que deve ser realizado no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema, na Região dos Lagos. No dia seguinte, o Alvinegro mede forças com o Bonsucesso, em casa, no Estádio do Trabalhador, em Resende, também às 16h.

 

Resende 3 x 2 America

Estádio do Trabalhador (Resende)

Árbitro: Daniel de Sousa Macedo

Assistentes: Michael Correia e Daniel de Oliveira Alves Pereira

Resende: Arthur; Muriel, PV, Thiago Salles e Murilo Ceará; Wagner Carioca, Léo Silva (Marcelo Costa) e Léo Lisboa (Chacal); Pingo (Lohan), Wandinho e Jhulliam. Técnico: Marcelo Cabo

America: Felipe; Belarmino, Morisco, Lucão e Marlon (Léo Rocha); Guaraci, Diogo (Lucas Bala), Corrêa, Assis (Léo Franco) e Kunzel; Giancarlo. Técnico: Lucho Nizzo.

Cartões Amarelos: Léo Silva (Resende), Léo Lisboa (Resende)

Gols: Jhulliam (27/1º tempo), Anderson Kunzel (30/1º tempo), Assis (40/1º tempo), Lohan (9/2º tempo), Thiago Salles (30/2º tempo)