Léo Rocha com o filho, na transmissão da TV America | Reprodução

Destaque da campanha do acesso, Léo Rocha está de saída do America

Léo Rocha com o filho, na transmissão da TV America | Reprodução
Léo Rocha com o filho, na transmissão da TV America | Reprodução

Impasse salarial impediu permanência do meia

A falta de um meia de ofício fez com que o America hesitasse no início da Série B1. A chegada do meia Léo Rocha ajudou a equipe a se encontrar na competição e foi importante para que a equipe rubra garantisse o retorno à Série A. Mas essa história de identificação entre atleta e clube chegou ao fim, com a não renovação do contrato para a disputa do Campeonato Carioca de 2018.

Autor de 12 gols, Léo Rocha foi o segundo artilheiro do America na competição: marcou um a menos que o atacante Allan, mas chegou a Mesquita após a quinta rodada da Taça Santos Dumont.

Procurado pela reportagem da Live Esporte, o atleta foi direto: explicou que o problema para o acerto foi um impasse salarial.

— Conversei com os dirigentes, que não quiseram aumentar em nada o valor do meu salário, e eu não aceitei ficar pelo mesmo valor — explica.

O America ainda não está garantido na fase final do Campeonato Carioca, privilégio destinado a apenas 10 clubes. Os rubros terão que passar pela fase preliminar, disputada em turno único, para buscar uma das duas vagas restantes.

A equipe estreia contra o Bonsucesso, no Estádio Giulite Coutinho. A Ferj ainda vai confirmar se a partida acontece dia 20 ou 21 de dezembro. Participam ainda da fase preliminar Cabofriense, Goytacaz, Macaé e Resende.