Em duelo de seis gols, Macaé e America ficam no empate pelo Carioca

Chuva de gols! Assim resume-se o duelo entre Macaé e America, realizado na tarde desta quarta-feira (10), no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Com o empate em 3 a 3 o Alvianil de Macaé segue na vice-liderança da primeira fase do Campeonato Carioca, enquanto o time rubro permanece na lanterna com apenas um ponto.

O duelo em Nova Friburgo começou bastante truncado e com as duas equipes, apostando muito nos chutes de fora da área, mas sem conseguir levar grande perigo aos goleiros. Aos 16 minutos, Assis arriscou chute forte de longe e a bola passou perto da trave defendida pelo goleiro Andrey, na primeira boa chegada da partida. Sem ter feito praticamente nada até a parada técnica, o Macaé voltou melhor depois da paralisação para hidratação e logo na sequência teve grande oportunidade.

Aos 23, Marlon derrubou Matheus Barcelos na área e a arbitragem marcou pênalti. Pipico pegou a bola e cobrou a penalidade, mas a bola parou na trave após defesa do goleiro Felipe e o placar seguiu sem alterações. Após o pênalti desperdiçado, as duas equipes passaram a se revezar no ataque, mas sem claras chances de gol.

Até que, aos 41 minutos, Pipico saiu cara a cara com o goleiro americano, mas perdeu o gol. Contudo, Matheus Barcelos aproveitou o rebote e marcou para o Macaé: 1 a 0 no placar do Eduardo Guinle. Antes que o America pudesse respirar, três minutos depois, o segundo ao Alvianil. Pipico aproveitou contra-ataque, pegou a defesa do America desorganizada e fez o segundo do Macaé no confronto.

Aos 47, no último lance de perigo da primeira etapa, o America conseguiu diminuir o marcador. Correa aproveitou sobra após erro da defesa do Macaé e arriscou uma bomba de fora da área, para dar números finais aos 45 minutos inicias: 2 a 1.

Partida foi muito disputada pelas duas equipes durante os 90 minutos | Laís Patrício (AFC)

Motivado pelo gol no fim do primeiro tempo o time americano conseguiu o empate do placar logo aos seis minutos da etapa final. A defesa do Macaé parou e Anderson Kunzel recebeu sozinho na área para empatar o confronto. Após duas substituições, o Macaé melhorou e conseguiu recuperar a frente do marcador, mais uma vez. Aos 16, a zaga do America parou após lançamento, ficou pedindo impedimento, mas arbitragem mandou o lance seguir. Pipico aproveitou a oportunidade e fez 3 a 2  para o Macaé.

Contudo, logo após a parada técnica da segunda etapa o America empatou novamente o marcador. Aos 24, Belarmino aproveitou sobra de bola após cobrança de falta e marcou de cabeça: 3 a 3 no placar. Depois de novo empate americano, o Macaé se lançou ao ataque e ainda tentou a vitória. Aos 44, Lepu recebu de Pipico na área e perdeu grande chance de colocar o Macaé na frente do placar, mais um vez.

Sem que nenhumas das equipes conseguissem um quarto gol, a partida foi encerrada aos 49 minutos da segunda etapa com o empate em 3 a 3 no placar. Na próxima rodada o America apenas cumpre tabela contra a Cabofriense, no sábado (13), às 16h, no Giulite Coutinho. No mesmo dia e no mesmo horário, o Macaé medirá forças com o Resende, no Estádio do Trabalhador.

Macaé x America

Estádio Eduardo Guinle (Nova Friburgo)

Árbitro: Pathrice Wallace Correia Maia

Assistentes: Diogo Carvalho Silva e Carlos Henrique Cardoso

Macaé: Andrey; Marcelo, Admilton, Igor João e Charles (Anderson); Matheus, Pipico, Lepu e Matheus Barcelos (Luis Felipe); Diego Sales (Neto) e Alex. Técnico: Josué Teixeira.

America: Felipe; Belarmino, Ciro, Pessanha e Marlon; Correa (Diogo), Kunzel e Fernando (Guaraci); Leo Franco, Assis e Leozinho (Nivaldo). Técnico: Duílio.

Cartões amarelos: Andrey (Macaé), Admilton (Macaé), Pipico (Macaé) e Ciro (America)

Gols: Matheus Barcelos (41/1º tempo), Pipico (44/1º tempo), Corrêa (47/1º tempo); Anderson Kunzel (06/2º tempo), Pipico (16/2º tempo), Belarmino (24/2º tempo)

Público: 400 (pagantes) e 80 (presentes)

Renda: R$ R$ 5.000,00