Em jogo movimentado, Dinamarca e Austrália ficam só no empate

Dinamarca e Austrália fizeram um jogo bastante movimentado, na manhã desta quinta-feira (21), mas apensar das muitas oportunidades as equipes ficaram no empate em 1 a 1 em duelo válido pela segunda rodada do grupo C, em Samara. Com esse resultado as duas seleções seguem vivas e com chances de classificação para a próxima fase.

Para aqueles que achavam que seria mais um jogo sem muitos holofotes, entre duas equipes nada favoritas, a partida começou eletrizante. Logo aos sete minutos, a equipe europeia saiu na frente com um golaço de Eriksen; 1 a 0 para a Dinamarca.

Após o gol os dinamarqueses seguiram melhor, mas foram surpreendidos aos 37 minutos, quando o VAR mais uma vez teve atuação importante nesta Copa do Mundo. Após cobrança de escanteio, a bola tocou na mão de Yurary Poulsen e o assistente de vídeo avisou o árbitro Antonio Mateu, da Espanha, do lance. A cobrança foi convertida pelo volante e capitão australiano Jedinak. Fim da primeira etapa e tudo igual em Samara: 1 a 1.

O segundo tempo foi de mais oportunidades para a Austrália, que teve boas chances de marcar o segundo, e pouco rendimento do ataque dinamarquês. Após as substituições do técnico Age Hareide tirando Poulson e Jorgensen, o ritmo de jogo diminuiu ainda mais. Em compensação a atuação do goleiro Schmeichel foi, novamente, brilhante e determinante para que a Dinamarca conseguisse segurar o empate.

Os próximos confrontos do Grupo C serão entre Dinamarca e França no Estádio Olímpico de Lujnick e a Austrália enfrentará o Peru no Estádio Olímpico de Sochi. Ambos os jogos serão às 11 horas, horário de Brasília, na próxima terça-feira (26).

DETALHE
Poulsen, autor do primeiro gol da Dinamarca na competição (PER 0 a 1 DIN), tem dois cartões amarelos e está suspenso para a próxima partida contra a França. Os cartões foram após cometer duas faltas na pequena área, ambas fazendo pênalti para equipe adversária, que foram marcados com auxílio do VAR.

Dinamarca 1×1 Austrália

Local: Arena de Samara, em Samara (Rússia)

Árbitro: Antonio Mateu (ESP)

Assistentes: Pau Cebrian (ESP) e Roberto Diaz (ESP).

Dinamarca: Schmeichel; Dalsgaard, Kjaer, Christensen e Stryger; Delaney, Schone e Eriksen; Yurary Poulsen (Braithwaite), Nicolai Jorgensen (Cornelius) e Sisto. Técnico: Hareide Age.

Austrália: Ryan; Risdon, Sainsbury, Milligan e Behich; Jedinak e Mooy; Leckie, Rogic (Irvine) e Kruse (Arzani); Nabbout (Juric). Técnico: Bert Van Marwijk.

Cartões amarelos: Sisto e Poulsen (Dinamarca)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Eriksen – Dinamarca (07’/ 1º tempo);  Jedinak – Austrália (38″/ 1º tempo)

Público: 40.727 torcedores