Erik decide, Botafogo bate o Inter e se livra do rebaixamento

Erik marcou o gol da vitória do Botafogo sobre o Internacional | Vítor Silva (SS Press/BFR)

Uma tarde de sentimentos bem distintos no Nilton Santos. O Botafogo, com gol de Erik, venceu o Internacional por 1 a 0 neste domingo (18), em duelo válido pela 35ª rodada e diante de quase 20 mil alvinegros, chegou a 47 pontos e escapou da briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo, a três rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o Botafogo, com 47 pontos, não pode mais ser alcançado pelo América-MG, que tem 37 e é o primeiro time da zona do rebaixamento. Dessa forma, o Glorioso confirma a permanência na Série A do Brasileirão em 2019, depois de uma sequência de quatro vitórias seguidas.

GOL DE ERIK NA PRIMEIRA ETAPA DEFINE O PLACAR

Os dois times começaram em marcha lenta. Pareciam esperar o forte calor do Rio de Janeiro, que girava em torno de 33ºC, diminuir. Com o passar do tempo, o ritmo das equipes aumentou em estilos diferentes. O Internacional optava por bolas cruzadas na área do Botafogo, que tentava jogar pelo meio, com Léo Valencia em tarde inspirada.

O gol do Alvinegro, porém, saiu exatamente em uma rara bola cruzada na área do Inter.  Aos 41 minutos, Erik contou com a falta de altura de Zeca, que não alcançou a bola para afastar o perigo pelo alto, dominou e bateu forte, sem chances para Lomba: Botafogo 1 a 0.

INTER NÃO CONSEGUE FURAR DEFESA ALVINEGRA

O Internacional, ciente da necessidade de vencer para seguir na cola do líder Palmeiras, foi para o ataque. O Botafogo, porém, conseguiu se segurar bem, mas vacilou em oportunidades de contra-ataques desperdiçadas. Brenner, Léo Valencia e Rodrigo Pimpão saíram cara a cara com Lomba e não aumentaram o placar, deixando o Alvinegro em risco.

Mas o Colorado, em tarde pouco inspirada, não conseguia aproveitar a pressão que exercia sobre o Botafogo. Só arriscava chutões para dentro da área de Gatito e encontrava um goleiro em tarde inspirada. Por isso, vitória para os donos da casa e fim da luta contra o rebaixamento.

Agora, na próxima quarta-feira (21), o Botafogo vai até a Vila Belmiro, para encara o Santos, às 21h, em partida da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Botafogo 1×0 Internacional

Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello, Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Leo Valencia (Renatinho), Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão); Erik e Brenner (Kieza). Técnico: Zé Ricardo.

Internacional: Marcelo Lomba; Zeca (Wellington Silva), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick (Camilo), D’Alessandro, Nico López (Rossi); Leandro Damião. Técnico: Odair Hellmann.

Cartões amarelos: Joel Carli e Rodrigo Pimpão (Botafogo); Rodrigo Moledo, Edenílson e D’Alessandro (Internacional)

Cartões vermelhos: Wellington Silva e Rodrigo Moledo (Internacional)

Gol: Erik – Botafogo (41’1/1º tempo)

Público: 17.373 pagantes e 19.006 presentes

Renda: R$ 156.802,50