Espanha empata com Marrocos mas garante liderança do Grupo B

Mais uma vez a seleção da Espanha não demonstrou o bom futebol que todos esperam. Com muitos erros de passe e pouca criatividade a Fúria quase foi surpreendida pelo Marrocos na tarde desta segunda-feira (25), em Kaliningrado, em duelo da terceira rodada do Grupo B e só conseguiu o empate em 2 a 2 por que Aspas marcou o tento já aos 46 minutos da etapa final e contou com ajuda do VAR que validou o lance.

Apesar do empate, a Espanha garantiu o primeiro lugar da chave com cinco pontos, já que Portugal – que terminou com os mesmos cinco pontos- também empatou com o Irã e terminou na segunda colocação do grupo. Agora, espanhóis encaram os russos, enquanto portugueses medem forças com os uruguaios.

ESPANHA COMETE ERROS INCOMUNS E MARROCOS APROVEITA CONTRA-ATAQUES

A partida começou bastante truncada em Kaliningrado e os primeiros dez minutos de jogo não tiveram muito destaque, a não ser pelas divididas ríspidas entre espanhóis e marroquinos. Com a defesa adversária bem postada, a Espanha tomou a iniciativa e buscou seus ataques pela lateral. Contudo, quando tudo encaminhava para um domínio total de jogo da campeã mundial de 2010, algo incomum aconteceu. Aos 15 minutos, Iniesta errou passe fácil e deixou Sergio Ramos em situação complicada, Boutaib roubou a bola na intermediária, avançou sozinho e toca por debaixo das pernas de De Gea, na saída do goleiro do Manchester United: 1 a 0 para o Marrocos.

Depois de abrir o placar a seleção marroquina não teve muito tempo para comemorar, por que dois minutos depois, aos 20, a Espanha chegou ao empate. Após troca de passes rápida na entrada da área, Iniesta recebeu na esquerda, passou pela marcação e tocou atrás para Isco, que soltou a bomba e estufou as redes de El Kajoui. Empolgados com a igualdade os espanhóis se lançaram ao ataque. Aos 22, após cruzamento de Isco, Piqué subiu mais alto que a zaga e cabeceou firme, para boa defesa do goleiro de Marrocos. Porém, dois minutos depois, Marrocos surpreendeu a Espanha. Em uma cobrança de lateral longa, Boutaib pegou a zaga de surpresa e entrou sozinho pela esquerda da grande área, mas dessa vez chutou em cima de De Gea, que fechou bem o ângulo.

A partir daí o time europeu passou a encontrar muita dificuldade em atacar e só voltou a levar perigo ao gol de El Kajoui aos 46, Iniesta fez linda jogada pela esquerda, se livrou de dois marcadores e cruzou rasteiro. Diego Costa se esticou todo, mas não conseguiu mandar para o gol e a primeira etapa terminou mesmo com o empate parcial em 1 a 1.

MARROSCOS APRONTA, ESPANHA SOFRE E SÓ EMPATA COM AUXÍLIO DO VAR

O segundo tempo do jogo começou de forma surpreendente, com a equipe do Marrocos em cima da Espanha. Aos cinco minutos, depois de um lançamento longo De Gea dividiu com Boussoufa e conseguiu tirar o perigo com um soco para frente. Quatro minutos depois, nova chance do time africano. Amrabat arriscou um belo chute de longe, a bola fez uma curva incrível e explodiu no travessão, quase o primeiro segundo gol dos africanos em Kaliningrado.

Após ser pega de surpresa, a Espanha se mostrou perdida e passou a errar muitos passes e ser desarmada com facilidade pelo time do Marrocos. Depois de perder chances com Isco e Piqué, aos 16 e 17 minutos, respectivamente, os comandados de Hierro só voltaram a atacar aos 46, já nos acréscimos do confronto.

Antes disso, aos 35 minutos, em cobrança de escanteio na área, En-Nesyri subiu mais que Sergio Ramos e cabeceou para o fundo das redes, fazendo o segundo gol do Marrocos: 2 a 1 no placar do confronto. Com a classificação garantida já que Portugal e Irã empatavam em 1 a 1 a Espanha não se desesperou, mas conseguiu o empate aos 46 minutos do segundo tempo. Após cruzamento na área de Carvajal, Aspas tocou de letra e a bola foi para o gol. O árbitro pediu o auxílio do vídeo, pelo lance ter sido anulado pelo bandeira, que assinalou impedimento. Porém, o VAR validou o gol.

Agora, a Espanha volta a campo no próximo sábado (30), quando enfrentará os donos da casa, a Rússia, em Moscou, no Estádio de Lujniki, às 11h.

Espanha 2×2 Marrocos

Local: Arena Baltika, Kaliningrado (Rússia)

Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)

AuxiliaresAbduxam Rasulov (UZB) e Jakhongir Saidov (UZB)

Espanha: De Gea; Carvajal, Piqué, Sergio Ramos e Jordi Alba; Busquets, Thiago (Marco Asensio), David Silva (Rodrigo ) e Iniesta, Isco; Diego Costa (Iago Aspas ). Técnico: Fernando Hierro.

Marrocos: Munir; Dirar, Benatia, Da Costa, Achraf; Boussoufa (En-Nesyri ), El Ahmadi; Belhanda (Fajr ), Ziyech (Bouhaddouz), Amrabat e Boutaib. Técnico: Herve Renard.

Cartões amarelos: Da Costa, El Ahmadi, Amrabat, El Kajoui e Hakimi (MAR)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Boutaib – Irã (15’/1º tempo), Isco – Espanha (20’/2º tempo), En-Nesyri – Irã (35’/2º tempo) e Iago Aspas- Espanha(47’/2º tempo)

Público: 33.973