Ex-Bellator será o adversário da estreia de Gleison Tibau no Taura MMA

Gleison Tibau já tem adversário para sua estreia no Taura MMA: é Chris Cisneros (19-11), ex-Bellator e que já enfrentou atletas ex-UFC como Ben Saunders e Kendall Grove. O lutador de 40 anos vai fazer um verdadeiro duelo de veteranos dia 30 de outubro, na Silver Spurs Arena, em Kissimmee (EUA), palco do primeiro evento da organização fora do Brasil.

Cisneros vem de duas vitórias em suas últimas três lutas. Em sua longa carreira, que começou ainda em 2005, ‘The Maverick’ já passou por mais de dez eventos diferentes, sempre entregando grandes combates, como os dois contra o atual lutador do UFC Maki Pitolo. Tibau sabe que não terá facilidade no duelo, por isso já está acompanhando de perto os vídeos de Chris para traçar sua estratégia para o 49º confronto de sua carreira.

“Cisneros é um lutador bem experiente e que tem uma bagagem muito boa para oferecer uma grande luta. Estou estudando ele mais agora, mas claramente ele é um lutador completo, que faz um jiu-jitsu forte, tem um striking bom. E vai oferecer uma grande luta, sem dúvida nenhuma”, declarou. Mostrando que ainda luta em altíssimo nível apesar dos 37 anos, Tibau vem de duas vitórias contra grandes nomes do MMA mundial: Efrain Escudero – que agora também é lutador do Taura – e o ex-campeão do Bellator Will Brooks.

O Taura 11 vai acontecer com público, obedecendo às regras de flexibilização do Estado da Flórida. Pelo site Ticketmaster, os fãs de MMA pode comprar seus ingressos, que terão o limite de 1800 – menos de 15% da capacidade total da Silver Spurs Arena. Será obrigatória a medição da temperatura na entrada e o uso de máscara durante todo o evento.

Foto: UFC

O card do Taura MMA 11 tem, até o momento:

Título meio-pesado (93 kg) | Richardson Moreira (C) vs. Jonathan Wilson
Pesado | Antônio ‘Bigfoot’ Silva vs. Brett Martin
Pesado | Guto Inocente vs. DJ Linderman
Meio-médio (77 kg) | Gleison Tibau x Chris Cisneros

Sobre o Taura MMA

Fundado por Djônatan Leão em 2017, o evento começou com o nome de CTNV, sigla para Circuito Team Nogueira Viamão, e pouco a pouco se tornou um dos mais respeitados do Sul do país, iniciando uma parceria de transmissões com o canal Combate já em sua segunda edição. Em 2019, com o objetivo de conquistar o país, a organização fez uma reformulação e, sem deixar de lado suas raízes, passou a se chamar Taura – uma homenagem à gíria gaúcha que define aquele que é especialista em qualquer assunto.

Apesar da crise econômica causada pela Covid-19, o Taura MMA vai realizar mais quatro eventos neste ano: no dia 23 de outubro, no Rio de Janeiro (RJ); no dia 30 de outubro, em Kissimmee (EUA); em 22 de novembro, nos Estados Unidos; e no dia 6 de dezembro, no Rio de Janeiro (RJ). Para 2021, são previstos 17 shows.