Felipe Buakaw mira cinturão do Thunder Fight em 2018: “A categoria tem que rodar”

Título peso-leve do evento está nas mãos de Jorge Macaco, que não luta há quase 3 anos na organização
 

Com passagem em diversos eventos do cenário nacional, Felipe Douglas, atleta da 011 MMA Team já tem o objetivo declarado para 2018. Com duas lutas realizadas no Thunder Fight, evento paulistano, o atleta que venceu seu último combate na organização, espera por uma chance de disputar o título dos leves, atualmente em posse de Jorge Patino “Macaco”.

– Eu quero alcançar o caminho mais alto no evento (cinturão), então sim, quero ir atrás e fazer oque tem que ser feito – declarou Felipe.

Natural da cidade de Taubaté, interior de São Paulo, Felipe acumula um cartel com 11 vitórias e apenas 4 derrotas na carreira. Dono do título do Thunder Fight na divisão até 77kg, Macaco não luta no evento desde junho de 2015, quando venceu Celso Venicius. De olho no cinturão do veterano, Felipe falou sobre o desejo de enfrentar Patino no evento:

– Acredito que a categoria tem que rodar, ainda mais o Thunder que está entre os melhores eventos do Brasil. Lutar contra o Macaco seria um fato histórico na minha carreira, já em relação ao cinturão, quero enfrentar quem estiver na frente da categoria, é só me colocar com quem esta ali por perto (risos).

Foto: Thunder Fight

Além do Thunder Fight, o atleta de 25 anos acumula passagens pelo XFC, e o Shooto Brasil. Companheiro de treinos e pupilo de Marcos Pezão, atleta do UFC, Felipe Douglas ainda fez questão de deixar um recado para a organização do Thunder Fight:

– Se não tem “ninguém” apto a disputar o cinturão me coloquem para lutar que eu faço por merecer – finalizou Buakaw.