Fla goleia o Corinthians fora de casa e se aproxima do líder Palmeiras

Paquetá foi o grande destaque da vitória rubro-negra fora de casa com dois gols marcados | Staff Images (CRF)

Nove dias depois da semifinal da Copa do Brasil, Corinthians e Flamengo voltaram a se enfrentar em São Paulo na noite desta sexta-feira (05). No palco onde foi eliminado e entrou na crise que terminou com troca de treinador, o Rubro-Negro virou a página. No segundo jogo sob o comando de Dorival Junior, impôs um 3 a 0 com domínio e manteve viva a briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por um decisivo Paquetá (duas vezes) e pelo lateral Renê.

Com o triunfo, o Flamengo subiu para a terceira colocação na tabela de classificação da competição nacional, com 52 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por São Paulo e Grêmio, que jogam neste sábado (06), contra Palmeiras e Bahia, respectivamente.

O Flamengo manteve suas características sob o comando de Dorival Junior. Iniciou tendo a posse de bola de sempre. Criou oportunidades e deu trabalho pela esquerda – com Vitinho em noite bem mais inspirada do que ultimamente. Mesmo assim, o Corinthians mantinha a frieza diante de sua torcida e se segurava como podia. O Rubro-Negro girava a bola, trabalha pelos cantos, mas repetia os problemas de objetividade no ataque. As chances apareceram, como nos chutes de Vitinho, Uribe e Paquetá, mas faltava capricho.

A melhor chance do primeiro tempo, no entanto, foi  do Corinthians. No fim da etapa inicial, Willian Arão errou feio na saída de bola e deu praticamente um passe para Mateus Vital, que ficou cara a cara com César. Substituindo Diego Alves (lesionado) pelo segundo jogo seguido, o goleiro conseguiu grande defesa. Na sequência, a bola ainda sobrou para o chute de Douglas, que também parou em excelente intervenção de César.

Na etapa final, o Flamengo seguiu propondo o jogo na Arena Corinthians. Mas, desta vez, contou com aquele capricho que faltava através de Lucas Paquetá. O meia assumiu a função de goleador e marcou dois gols. O primeiro, aos 14, foi de cabeça após escanteio cobrado por Vitinho. Cinco minutos depois, ampliou. Em outra jogada de escanteio, Uribe desviou, e o camisa 11 encheu o pé para chutar na sobra: 2 a 0 Flamengo e silêncio total na arquibancada.

Enquanto o Corinthians não conseguia se impor, o Flamengo ainda ampliou o marcador no apagar das luzes. Os cariocas se aproveitaram de rápido contra-ataque puxado por Lucas Paquetá. Rodinei recebeu, avançou pela direita e cruzou para Renê. O lateral recebeu sozinho na área, chutou e parou em defesa de Cássio. No rebote, porém, mandou no fundo do gol: 3 a 0 para o Flamengo e fim de papo.

Após sua primeira semana no comando do time rubro-negro, Dorival Junior terá novamente uma semana cheia de trabalho, já que o time carioca volta a jogar pelo Brasileirão somente no próximo sábado, dia 13, no clássico diante do Fluminense, às 17h, no Maracanã.

Corinthians 0x3 Flamengo

Arena Corinthians (São Paulo – SP)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)

Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Luiz Sousa Santos Renesto (PR)

Corinthians: Cássio; Gabriel, Léo Santos, Henrique, Danilo Avelar; Ralf (Danilo), Douglas (Emerson Sheik), Jadson, Mateus Vital, Clayson (Pedrinho); Romero. Técnico: Jair Ventura.

Flamengo: César; Pará, Léo Duarte, Réver, Trauco; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá; Éverton Ribeiro (Rodinei), Vitinho (Piris da Motta) e Uribe (Geuvânio). Técnico: Dorival Júnior.

Cartões amarelos: César (Flamengo); Romero e Henrique (Corinthians)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Lucas Paquetá – Flamengo (14’/2º tempo) e (20’/2º tempo); Renê – Flamengo (46’/2º tempo)

Público: 41.693 pagantes e 41.943 presentes

Renda: R$ 1.381.719,00