Fla bate o Flu e abre cinco pontos de vantagem na liderança do Brasileirão

Diante de um Fluminense enfraquecido por desfalques, o Flamengo imprimiu ritmo veloz desde o início. O triunfo por 2 a 0, com gols de Henrique Dourado e Felipe Vizeu, mostrou bem o que foi o jogo: um Rubro-Negro organizado, bem estruturado e cirúrgico dentro da área, contra um Tricolor combalido e inofensivo no ataque. Com grandes atuações de Vinicius Junior e Lucas Paquetá, o Fla abriu cinco pontos na liderança e chegou à terceira vitória seguida no Brasileirão.

Com o resultado, o Rubro-negro é o líder isolado da competição com 23 pontos, cinco a mais que o segundo colocado Sport. O Tricolor das Laranjeiras completou três jogos sem vencer e perdeu contato com o topo da tabela permanecendo em décimo  lugar, com 14 pontos.

O Flamengo começou a partida em ritmo acelerado. Na velocidade, o Rubro-Negro imprimiu pressão ao Flu logo nos primeiros minutos, cansando o time de Abel Braga, que errava passes quando tinha contra-ataques. Melhor em campo, o Fla logo abriu o placar com Henrique Dourado, ao seu estilo, em pênalti de Marlon em Marlos Moreno. Dali até o fim da primeira etapa, uma atuação soberba. Tanto que Vinicius Junior e Paquetá não cansaram de dar dribles desconcertantes, irritando a defesa tricolor. O único erro claro foi do juiz Dewson Freitas da Silva, que ignorou cotovelada de Rodinei em João Carlos no fim do primeiro tempo.

Após um péssimo primeiro tempo, Abel Braga mexeu por atacado no intervalo. Saíram Renato Chaves – que se estranhava com Vinicius Junior – e Sornoza, o pior do Flu nos 45 minutos iniciais, e entraram Pablo Dyego e Matheus Alessandro. Quando parecia melhorar no jogo, Abel perdeu Pablo e precisou colocar Robinho. Mais uma vez, o camisa 17 irritou a torcida tricolor com a falta de esforço e sua displicência. Em uma bola perdida por ele, o Fla, que controlava a partida com melhor posse e uma boa dose de cêra, engatou contra-ataque e em linda tabela de Paquetá com Éverton Ribeiro, matou o jogo com o oportunista Felipe Vizeu, escorando no segundo pau.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Paraná. A partida será realizada no Maracanã, domingo (10), às 19h. O Fluminense visita o Atlético-MG, também no domingo, às 16h, no estádio Independência.

Fluminense 0×2 Flamengo

Estádio: Mané Garrincha (Brasília)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA-PA)

Assistentes: Helcio Araujo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)

Fluminense: Julio Cesar, Gum, Renato Chaves (Pablo Dyego (Robinho))e Luan Peres; Gilberto, Richard, Jadson, Douglas, Junior Sornoza (Matheus Alessandro) e Marlon; João Carlos. Técnico: Abel Braga

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo (Matheus Thuler), Léo Duarte e René; Gustavo Cuéllar, Lucas Paquetá e Everton Ribeiro; Marlos Moreno (Jean Lucas), Vinicius Júnior e Henrique Dourado (Felipe Vizeu). Técnico: Maurício Barbieri.

Cartões Amarelos: Marlon, Matheus Alessandro e Gilberto (Fluminense); Lucas Paquetá e Renê (Flamengo)

Cartões Vermelhos: Não houve

Gols:Henrique Dourado – Flamengo (28/ 1° tempo); Felipe Vizeu – Flamengo (33’/2° tempo)

Público: 59.987 pagantes

Renda: R$ 3.177.575,00