Flamengo bate o Bahia no Maracanã e mantém liderança do Brasileiro

Com grande atuação de seus homens de meio-campo e um Renê inspiradíssimo defensiva e ofensivamente, o Flamengo venceu o Bahia por 2 a 0 na tarde desta quinta-feira (31), com gols de Diego e Lucas Paquetá e diante da festa dos mais de 55 mil rubro-negros que lotaram o Maracanã neste feriado de Corpus Christi seguiu na liderança do Campeonato Brasileiro.

O triunfo deixa o time da Gávea como líder isolado do Brasileiro com 17 pontos. Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Corinthians no domingo (03), às 16h, no Maracanã novamente. Para este duelo já foram vendidos, antecipadamente, mais de 15 mil ingressos. Promessa de casa cheia outra vez.

Na primeira etapa, o Fla teve o domínio total da posse de bola – chegando a ter 75% nos 10 minutos iniciais – e resolveu a parada em duas jogadas com a participação do lateral-esquerdo Renê. Na primeira, aos 41 minutos, após ótima jogada coletiva, Renê tabelou com Diego e a bola sobrou limpa para o camisa 10 só empurrar para o fundo das redes: Flamengo 1 a 0.

Diego marcou o primeiro gol do Flamengo e abriu caminho para vitória rubro-negra sobre o Bahia | Divulgação (CRF)

Quatro minutos depois, aos 45, outra boa trama do camisa seis, que iniciou a jogada e deu o último passe antes de Paquetá cavar com talento na saída do goleiro Anderson e dar números finais ao primeiro tempo: 2 a 0 para o Flamengo e festa na arquibancada.

Na etapa final, o Bahia tentou pressionar, mas não levou perigo ao gol rubro-negro. Apesar de chegar com velocidade a área rubro-negra, não era incisivo. No fim, Diego Alves fez duas defesas importantes, uma delas muito difícil, e garantiu a liderança do Flamengo por mais uma rodada.

 

Flamengo 2 x 0 Bahia

Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte (Thuller), Rhodolfo e Renê; Jonas (Rômulo), Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Diego; Vinicius Junior e Henrique Dourado (Jean Lucas). Técnico: Maurício Barbieri.

Bahia: Anderson; João Pedro, Tiago, Lucas Fonseca e Mena; Elton, Gregore (Flávio), Vinicius (Junior Brumado) e Régis (Allione); Élber e Zé Rafael. Técnico: Guto Ferreira.

Cartões Amarelo: Gregore e Élber (Bahia)

Cartões Vermelhos: Não houve

Gols: Diego – Flamengo (41’/1º tempo) e Lucas Paquetá – Flamengo (45’/1º tempo).

Público: 50.141 pagantes e 55.382 presentes

Renda: R$ 1.780.859,00