Flamengo bate o Galo no Maracanã e volta à briga pelo título do Brasileiro

Gol de Willian Arão nos minutos iniciais de partida abriu caminho para vitória rubro-negra no Maracanã | Gilvan de Souza (CRF)

O Flamengo venceu o Atlético-MG por 2 a 1, na tarde deste domingo (23), no Maracanã, e encurtou a distância para seus concorrentes diretos na luta pelo título do Campeonato Brasileiro, o São Paulo e o Internacional, que empataram na rodada. William Arão e Lucas Paquetá fizeram os gols do Fla, e Leonardo Silva descontou para o Galo, que perdeu a chance de encostar nos líderes. O jogo foi muito equilibrado e teve lances de emoção até o fim. Quando fez seu segundo gol, o rubro-negro carioca recuou e os visitantes cresceram na partida e pressionaram nos minutos finais. O time de Maurício Barbieri se segurou, mas levou vários sustos. O maior deles no último lance, quando Cazares cobrou falta e acertou o travessão após a bola ser desviada de cabeça por Réver.

Com o triunfo o Fla agora é o terceiro colocado na tabela de classificação da competição nacional, com 48 pontos – três a menos do que o líder São Paulo e dois a menos do que o Inter, o segundo. O Flamengo volta a campo pelo Brasileiro somente no próximo sábado (29), às 21h, na Fonte Nova, para enfrentar o Bahia – antes, na quarta (26), enfrenta o Corinthians, em São Paulo, pela partida de volta da semifinal da Copa do Brasil.

ARÃO ABRE O PLACAR NO INÍCIO E LÉO SILVA EMPATA PARA O GALO

O Fla foi fulminante no início da partida e abriu o placar logo no primeiro minuto. Trauco fez ótima jogada individual pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Arão pegar de primeira e mandar certeiro no cantinho direito do goleiro Victor, que não conseguiu chegar: 1 a 0 para os donos da casa. Após esta pressão inicial, a partida ficou bastante equilibrada, com poucas chances claras das duas equipes. O Rubro-Negro chegou a marcar com Dourado, de cabeça, mas o centroavante estava impedido. O Galo, em uma jogada de bola parada, conseguiu o empate aos 22 minutos. Luan cobrou escanteio, e Leonardo Silva subiu mais do que os marcadores para desviar de cabeça: 1 a 1.

Jogando mais avançado, com a suspensão de Diego, Paquetá voltou a ter atuação de destaque na partida contra o Atlético-MG | Gilvan de Souza (CRF)

PAQUETÁ GARANTE VITÓRIA DO FLAMENGO NA SEGUNDA ETAPA

O início da equipe rubro-negra na segunda etapa também foi alucinante, e os donos da casa ficaram à frente do placar logo aos nove minutos. Trauco deu mais uma assistência, desta vez para Paquetá, que mandou de cabeça no canto, e Victor não alcançou: 2 a 1 Flamengo no Maracanã. Novamente em desvantagem, o Galo passou a ter mais iniciativa, e tentou pressionar até o fim, principalmente depois que o Fla ficou mais no campo de defesa. Luan e Leonardo Silva tiveram boas oportunidades, mas desperdiçaram. No último lance, Cazares acertou o travessão em cobrança de falta que ainda desviou na cabeça de Réver.

Flamengo 2×1 Atlético-MG

Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu (PR)

Flamengo: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Réver e Trauco; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Matheus Sávio (Vitinho, depois Marlos Moreno); Henrique Dourado (Piris da Motta). Técnico: Maurício Barbieri.

Atlético (MG): Victor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; José Welison, Elias, Tomás Andrade (Cazares), Luan (Edinho) e Chará; Ricardo Oliveira (Denílson). Técnico: Thiago Larghi.

Cartões amarelos: Henrique Dourado e Pará (Flamengo); Emerson e Denílson (Atlético-MG)

Gols: Willian Arão, (1’/1º tempo); Leonardo Silva, (22’/1º tempo); Lucas Paquetá, (8’/2º tempo)

Público: 36.018 pagantes e 39.462 presentes

Renda: R$ 1.062.984,00