Flamengo perde para o Internacional e cai para a quarta posição no Brasileirão

Dois anos depois, o Internacional está de volta ao topo da tabela do Brasileiro. São exatos 780 dias entre a oitava rodada do Brasileiro 2016 até a vitória sobre o Flamengo por 2 a 1, nesta quarta-feira (06), pela 23ª do Brasileiro deste ano. Sem brilhar, mas consistente, marca desta equipe de Odair Hellman, o Colorado marcou com Pottker e Rodrigo Dourado – o Rubro-Negro carioca, que caiu para a quarta colocação, descontou num bonito gol de Vitinho. No fim, Marcelo Lomba garantiu a vitória em defesa nos pés de Matheus Savio para completar a festa colorada.

Com três vitórias nos últimos cinco jogos – além de dois empates -, o Internacional chega aos 46 pontos e assume a liderança depois de 52 rodadas no Brasileiro. Com três derrotas em cinco jogos – duas consecutivas -, o Flamengo despenca na tabela em sete rodadas: da primeira para a quarta colocação

Não demorou para o Inter mostrar que o momento das equipes era diferente. Bem diferente. O longo lançamento de Edenilson encontrou a cabeça de Pottker, as costas de Léo Duarte e morreu nas redes de Diego Alves com a canhota do atacante colorado. Do outro lado, o colombiano Marlos, que não marcava há 72 partidas antes do apito inicial em Porto Alegre, não teve uma, mas duas chances à feição. Não fez o gol.

O Internacional aproveitou todo o ambiente favorável em casa. Mas não teve noite tranquila. A melhor defesa teve sorte nas conclusões erradas do colombiano rubro-negro. Com Lincoln como novidade no comando do ataque e Vitinho na posição de Diego, o Flamengo avançou do jeito que podia. Mas os gaúchos administraram o empate até o intervalo.

Ameaçado pelo Flamengo após o gol no início de Pottker, o Inter perdeu duas grandes chances, a primeira com Nico López, depois de lindo lançamento de Rodrigo Dourado. A segunda, com Patrick, em grande defesa de Diego Alves. Num contra-ataque, o Flamengo marcou com Vitinho.

O camisa 14, ex-Inter, pegou lindo chute de primeira. A bola quicou dentro do gol. E Vitinho, pressionado, comemorou emocionado de joelhos no gramado do Beira-Rio. Quem não comemorou muito foi a torcida rubro-negra. Dois minutos depois, Dourado subiu entre Léo Duarte e Rhodolfo e explodiu o Beira-Rio: 2 a 1.

No fim, com Willian Arão, Uribe e Matheus Savio o Flamengo foi para cima. Savio teve grande chance nos pés de Lomba, mas o goleiro colocado, formado na Gávea, brilhou e garantiu a vitória colorada.

No sábado (08), às 21h, o Flamengo enfrenta a Chapecoense, no Maracanã.  No domingo (09), o Beira-Rio vai pulsar mais ainda no clássico entre Internacional e Grêmio, às 16h.

 Internacional 2 x 1 Flamengo 

Campeonato Brasileiro – 23ª rodada

Local: Beira-Rio (Porto Alegre – RS)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/ MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/ MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Internacional: Marcelo Lomba; Zeca (Fabiano), Victor Cuesta, Rodrigo Moledo, Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick; William Potker, Nico López (Leandro Damião), Jonatan Álvez (D’Alessandro). Técnico:  Odair Hellmann.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Léo Duarte e Renê; Piris da Motta (William Arão), Rômulo, Éverton Ribeiro, Marlos Moreno (Matheus Sávio), Vitinho; Lincoln (Uribe). Técnico: Maurício Barbieri.

Gols: William Potker (INT, 04’/1T); Vitinho FLA, 11’/2T); Rodrigo Dourado (INT, 13’/2T)

Cartões Amarelos: Marcelo Lomba, Victor Cuesta, Iago Jonatan Álvez (INT); Piris da Motta (FLA)

Cartões Vermelhos: Não houve.

Público: 30.389  pagantes; 33.633  presentes.

Renda: R$ 842.060,00