Flu bate o Palmeiras e chega ao terceiro jogo sem derrotas no Brasileiro

Gilberto marcou, ainda na primeira etapa, o gol que da vitória tricolor sobre o Palmeiras | André Durão (Globoesporte.com)

Quando o Campeonato Brasileiro parou para disputa da Copa do Mundo da Rússia o torcedor do Fluminense não tinha motivos para sorrir e a saída do técnico Abel Braga parecia piorar ainda mais esse cenário. Todavia, a sofrida vitória por 1 a 0 contra o Palmeiras na noite desta quarta-feira (25), no Maracanã, em duelo da décima quinta rodada traz aos tricolores muitos motivos para voltarem a ser felizes.

Com o triunfo, o Tricolor das Laranjeiras chegou a marca de três jogos sem derrotas (vitórias sobre Sport e Palmeiras e empate com o Vasco) na competição e neste momento ocupa a oitava posição na tabela de classificação com 21 pontos somados.

GOL DE GILBERTO GARANTE VITÓRIA AINDA NA PRIMEIRA ETAPA

Mostrando-se um visitante indigesto, o Palmeiras tratou de levar perigo ao gol tricolor logo aos quatro minutos de jogo. Após lançamento longo, Gum se deixou levar pelo quique da bola, que ficou com Willian. O atacante rolou para Dudu, que bateu da entrada da área, cara a cara com Júlio César, e viu o goleiro fazer grande defesa, evitando o primeiro gol da partida. Cinco minutos depois os donos da casa deram resposta à altura, quando Pedro recebeu cruzamento rasteiro da linha de fundo, no meio da área, e finalizou de primeira. Mas a bola foi por cima do gol de Weverton.

A partir daí, enquanto os mais de 22 mil presentes na arquibancada do Ex-Maior do Mundo se preocupavam em vaiar Gustavo Scarpa, dentro de campo o Fluminense se fechava no campo defesa, via o adversário ter mais posse de bola e apostava em contragolpes rápidos para tentar abrir o placar. Aos 19 minutos Willian fez ótimo cruzamento do bico direito da área para Moisés, que subiu sozinho e cabeceou firme, mas Júlio César espalmou para escanteio, fazendo outra boa defesa. Já que o Palmeiras não exercia forte pressão em busca do gol, o Tricolor das Laranjeiras resolveu se lançar ao ataque.

Aos 31 minutos Pedro recebeu passe na entrada da área, se livrou de dois marcadores e bateu de perna esquerda, levando perigo ao gol de Weverton, que viu a bola sair em tiro de meta passando próximo ao seu ângulo direito. Pouco tempo depois Jadson quase foi o grande responsável pelo primeiro gol palmeirense no confronto. Aos 40, o volante entregou a bola de graça para Dudu numa tentativa de recuo dentro da área. Para sorte do Fluminense, o atacante finalizou mal, para fora.

Quando o primeiro tempo parecia que se encaminharia para um fim sem gols, Gilberto tratou de fazer a alegria dos tricolores. Aos 42, Marcos Junior cobrou falta para dentro da área e a zaga rebateu mal. Gilberto aproveitou o rebote e de perna esquerda estufou as redes defendidas por Weverton : Fluminense 1 a 0.

PALMEIRAS FAZ SEGUNDO TEMPO RUIM E FLU ADMINISTRA O RESULTADO

Em busca do empate, o Palmeiras voltou mais ofensivo para a segunda etapa. Já que tinha Felipe Mello amarelado desde o início da partida, Roger Machado sacou o camisa 30 e colocou em campo o meia Lucas Lima, na tentativa de lançar sua equipe ao ataque. Contudo, o primeiro e único lance de perigo palmeirense só surgiu aos 24 minutos, quando Gustavo Scarpa fez bom cruzamento para Willian, mas o atacante passou da bola e cabeceou fraco para defesa de Júlio César.

Apesar dos quase 60% de posse de bola o time paulista não conseguia ser efetivo no ataque, muito menos assustar a meta defendida pelo goleiro tricolor, que junto de toda a sua equipe tinha uma atuação muito segura nos 45 minutos finais de partida. Para fechar a péssima atuação do Palmeiras no Maracanã, Edu Dracena deu um carrinho criminoso em Everaldo na linha lateral de campo já aos 45 minutos de jogo e foi expulso de forma direta pelo árbitro.

Ao fim dos cinco minutos de acréscimos os jogadores do Fluminense – junto de sua torcida- comemoraram muito a suada vitória sobre o Palmeiras. Agora, o Flu se prepara para o duelo válido pela décima sexta rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Ceará, no próximo sábado (28), às 16h, no Estádio Presidente Vargas.

Fluminense 1×0 Palmeiras

Estádio Maracanã (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)

Assistentes: Helton Nunes (SC) e Alex dos Santos (SC)

Fluminense: Júlio César; Gilberto, Gum, Digão, Ayrton Lucas; Aírton (Ibañez), Mateus Norton, Jadson; Júnior Dutra (), Marcos Jr (Everaldo) e Pedro. Técnico: Marcelo Oliveira.

Palmeiras (SP): Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Edu Dracena, Antônio Carlos, Diogo Barbosa; Felipe Melo (Lucas Lima), Bruno Henrique, Moisés, Gustavo Scarpa; Dudu e William (Deyverson). Técnico: Roger Machado.

Cartões amarelos: Aírton e Gilberto (Fluminense); Felipe Melo e Mayke (Palmeiras)

Cartão vermelho: Edu Dracena (Palmeiras)

Gols: Gilberto – Fluminense (42’/1º tempo)

Público: 21.462 pagantes e 22.827 presentes

Renda: R$ 565.430,00