Já classificado, Fluminense só empata com a Cabofriense: 1 a 1

Já classificado para as semifinais da Taça Rio, o Fluminense entrou em campo neste domingo com um time reserva – o único titular era Renato Chaves. E, apesar da luta, a equipe tricolor encontrou dificuldades para criar jogadas e optou, muitas vezes, por arriscar de longe. Douglas, capitão do Flu na partida, abriu o placar de pênalti, aos 4 do segundo tempo, e Lucas Cunha empatou de letra aos 29. Com a vantagem do empate, o Fluminense encara o Flamengo para tentar chegar à decisão, o jogo será na quinta-feira, às 20h.

O primeiro tempo foi equilibrado com as duas equipes criando boas oportunidades, mas falhando nas finalizações. A equipe de Cabo Frio que precisava da vitória ia para cima do Tricolor das Laranjeiras, que prontamente respondia nos contra-ataques. Aos 20, após cobrança de escanteio do Flu, o Tricolor Praiano armou uma investida rápida e quase abriu o placar com Bruno Tubarão, que chutou cruzado e Watson emendou direto para fora.

Aos 31,  Pablo Dyego respondeu. O atacante deu boa arrancada pela direita, invadiu a pequena área, mas acabou pecando na finalização – que foi forte, mas longe da meta. Um minuto depois, a Cabofriense teve a melhor chance da etapa inicial. Dieguinho cruzou, a bola passou por toda a defesa do Flu e sobrou limpinha para Kaká Mendes perder grande oportunidade.

Os gols ficaram para o segundo tempo. Aos quatro, Victor Silva fez pênalti em Robinho. O capitão do Flu, o volante Douglas, bateu e não desperdiçou: 1 a 0 para o Tricolor das Laranjeiras. Aos 16, o Fluminense quase ampliou com Marlon que soltou uma bomba e a bola explodiu na trave esquerda do goleiro George.

A Cabofriense foi em busca do empate e aos 29, Lucas Cunha fez um golaço! Bersan finalizou e o zagueiro, de letra, completou para as redes: 1 a 1. O Tricolor Praiano ainda tentou buscar a virada, mas faltou capricho nas finalizações. A equipe acabou eliminada da competição.

 

Cabofriense 1 x 1 Fluminense

Estádio de Bacaxá.

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga.

Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e João Luiz Coelho de Albuquerque.

Cabofriense: George; Welligton Júnior, Lucas Cunha, Victor Silva, Dieguinho (Willian Bersan); Levi, Kaká Mendes, Rafael Pernão (Maranhão), Bruno Tubarão; Watson (Claudio Pitbull), João Carlos. Técnico: Antônio Carlos Roy .

Fluminense: Rodolfo;Reginaldo, Renato Chaves, Frazan (Marlon Freitas); Léo, Douglas, Airton (Mateus Norton), Luquinhas (Macula), Marlon; Robinho, Pablo Dyego. Técnico: Abel Braga.

Cartões amarelos: Victor Silva (Cabofriense); Frazan (Fluminense)

Gol: Douglas – Fluminense (04/2°tempo); Lucas Cunha – Cabofriense (29/2/tempo)