Fluminense e América-MG fazem jogo morno e não saem do zero no Independência

Em jogo morno, Fluminense e América-MG não saíram do zero no Independência | Mailson Santana (FFC)

América-MG e Fluminense fizeram um jogo equilibrado na noite deste domingo (19), no Independência, e ficaram no empate sem gols em duelo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última do primeiro turno. Enquanto o time da casa dominou as ações no primeiro tempo, os visitantes tiveram superioridade no segundo. As redes, no entanto, permaneceram intactas. O Flu chega ao quarto jogo na competição sem vitória, enquanto o América-MG – que ficou com um jogador a menos nos últimos cinco minutos após expulsão de Aderlan – chega a três partidas sem vencer.

Com o resultado, o Fluminense chega aos 23 pontos, na nona posição, seguido de perto pelo América, em décimo com 22. Agora, o Tricolor das Laranjeiras recebe o Corinthians, na próxima quarta-feira (22), às 21h45, no Maracanã.

O América-MG dominou o Fluminense no primeiro tempo e só não abriu o placar porque pecou nas finalizações. Primeiro, com Rafael Moura, que desperdiçou na cara do gol. Depois, em situação parecida, Carlinhos arrumou o corpo para se consagrar, mas mandou por cima. O time da casa, que até os 30 minutos havia finalizado quatro vezes contra nenhuma do Tricolor, diminuiu a pegada na reta final, dando espaços que o Flu – que perdeu Sornoza por lesão – quase aproveitou com Pedro, aos 42, neste que foi o primeiro e único chute dos cariocas em direção ao gol no primeiro tempo.

O duelo ficou ainda mais truncado e disputado diante da característica do árbitro Caio Max Augusto Vieira de deixar o jogo correr. Ele não marcava “qualquer falta”, como se diz no jargão futebolístico. Se o América-MG perdeu ótimas chances na primeira etapa, o Flu teve grande oportunidade desperdiçada no segundo, quando Gilberto tabelou com Pedro e, na cara do gol, fuzilou para defesa de João Ricardo com o pé direito. Os visitantes ainda tiveram mais uma chance para marcar, com Pedro, mas ninguém conseguiu tirar o zero do placar. Aos 44, o América ainda perdeu Aderlan após uma espécie de coice em Everaldo.

América (MG) 0x0 Fluminense

Arena Independência (Belo Horizonte – RJ)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN)

América (MG): João Ricardo; Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete (Wesley Pacheco), Juninho, Wesley e Ruy; Luan (Ademir) e Rafael Moura (Matheusinho). Técnico: Adílson Batista.

Fluminense: Júlio César; Gum, Digão, Ibañez (Marcos Junior); Gilberto, Richard, Jadson (Dodi), Sornoza (Everaldo), Ayrton Lucas; Matheus Alessandro e Pedro. Técnico: Marcelo Oliveira.

Cartões amarelos: Aderlan e Carlinhos (América-MG)

Cartões vermelhos: Aderlan (América-MG)

Público: Não divulgado