Fluminense perde para o Marília-SP e cai na fase de grupos da Copinha

Jogando para garantir classificação à próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2018, o Fluminense foi derrotado por 2 a 0 pelo Marília, na tarde desta terça-feira (09), no Estádio Bento de Abreu, o Abreuzão, em Marília, no interior de São Paulo e deu adeus precocemente a competição, terminado a fase de grupos apenas na terceira colocação do grupo 8, com somente três pontos.

Em um primeiro tempo bastante movimentado, a primeira chance do jogo veio do Marília, quando aos 17, Victor Diego bateu falta em direção ao gol do Fluminense, mas o goleiro Heitor conseguiu espalmar no susto e evitar que o Marília abrisse o placar. Aos 30 minutos, a resposta do Tricolor Carioca. Rafael Resende cobrou falta da intermediária. A bola foi cheia de curva e veneno, mas o goleiro Ian, do Marília, conseguiu fazer a defesa com os pés e o placar seguiu inalterado no Abreuzão.

Pouco tempo depois, nova chance dos donos da casa. Aos 33, Gabriel Perdigão aproveitou cobrança de escanteio para dentro da área e cabeceou forte. A bola ainda desviou no meio do caminho e o goleiro Heitor fez uma linda defesa evitando o primeiro gol do duelo. Sem deixar o ritmo da partida, que era de muita intensidade, cair, o Fluminense chegou ao ataque e assustou o Marília mais uma vez aos 42 minutos, quando Pedrinho chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para trás, onde a bola encontrou Ramon. O camisa 11 do Fluminense bateu de primeira, mas pegou muito embaixo da bola e ela foi por cima do gol de Ian, no último ataque de grande perigo da etapa inicial.

Tricolor das Laranjeiras não foi páreo para os donos da casa e deu adeus à Copinha | Sérgio Pais

Assim como no primeiro tempo, o segundo começou de forma bastante intensa e logo no primeiro minuto o Marília quase tirou o zero do placar. Heitor, saiu jogando errado e a bola ficou com Lucas. O camisa 11 do Marília arriscou do meio de campo e quase surpreendeu o arqueiro, que não voltaria a tempo, mas a bola foi pela linha de fundo. No minuto seguinte, a resposta do Fluminense. Ramon tocou para Paulo Victor, que chegou na linha de fundo e cruzou para Evanílson. O camisa 9 do Fluminense tentou emendar um voleio, mas não pegou em cheio e a bola saiu pela linha de fundo em tiro de meta para o Marília.

Aos 15, o primeiro gol do duelo. Lucas cobrou falta na área e Diego Borges apareceu sozinho, dentro da pequena área, para cabecear firme no gol do Fluminense e fazer 1 a 0 para o Marília. Após o gol dos paulistas o Fluminense sentiu o golpe, não conseguiu buscar o empate e sofreu o golpe fatal aos 43, quando Marcão recebeu no canto esquerdo do campo de ataque do Marília, entrou na área e bateu cruzado com a perna direita. O goleiro Heitor nem se mexeu: 2 a 0 para o time paulista e números finais do confronto no Abreuzão.

Agora, o segundo maior vencedor da Copa São Paulo, com cinco títulos, volta todas suas atenções para o Campeonato Carioca Sub-20, que começa no dia 16 de janeiro. A estreia será no dia 17 de janeiro, contra o Boavista. Classificado, o Marília-SP aguarda a definição do grupo 7 da competição para conhecer seu adversário na próxima fase da Copinha.