Fluminense tem atuação apática e é facilmente derrotado pelo Palmeiras

Nova atuação ruim culminou para derrota do Fluminense contra o Palmeiras | Lucas Merçon (FFC)

Com outra atuação ruim,  na noite desta quarta-feira (14), na Arena Palmeiras, em São Paulo, o Fluminense viu o Palmeiras fazer mais uma vez o dever de casa e se aproximar da conquista do Campeonato Brasileiro de 2018. Com gols de Borja, Felipe Melo e Luan, o Alviverde venceu o Fluminense, que chegou ao quatro jogo seguido sem vitórias , por 3 a 0.

Com a derrota, o Tricolor das Laranjeiras, permaneceu com 41 pontos mas caiu para a décima primeira posição na tabela de classificação da competição. Neste momento, o Fluminense está a apenas quatro pontos da primeira equipe da zona de rebaixamento, a Chapecoense.

PALMEIRAS DOMINA A PRIMEIRA ETAPA E SAI NA FRENTE COM BORJA

A partida começou como era de se esperar. O Palmeiras, como mandante, partiu para cima e logo no primeiro minuto, após confusão dentro da área do Fluminense, Bruno Henrique achou Willian, que finalizou nas mãos do goleiro Julio Cesar. O ritmo intenso do Alviverde nos primeiros minutos entrincheirou o Tricolor no campo de defesa, que não conseguia sequer chegar ao campo de ataque.

A primeira finalização do Flu no jogo só foi acontecer aos 20 minutos, quando Junior Dutra arriscou de fora da área, sem levar perigo à meta de Weverton. Mesmo com a pressão dos comandados de Felipão em toda a primeira etapa, o Tricolor das Laranjeiras se defendeu como pôde para manter a igualdade no placar.

Porém, aos 40 minutos, Diogo Barbosa fez boa jogada individual pela esquerda, se livrou da marcação e mandou para a área. Digão tentou cortar, a bola desviou em Willian, e sobrou limpa para o colombiano Borja abrir o placar para o Palmeiras: 1 a 0. Bruno Henrique, de falta, quase ampliou, mas a cobrança foi na rede pelo lado de fora, no fim dos 45 minutos iniciais.

GOLAÇO DE FELIPE MELO E CABEÇADA DE LUAN DECIDEM A PARTIDA

Ao contrário do que foi o início do jogo, o Fluminense começou melhor no segundo tempo. O Tricolor adiantou suas linhas de marcação e começou a trabalhar a bola com mais tranquilidade. Felipão, percebendo a perda do controle da partida, mandou a campo Gustavo Scarpa no lugar de Willian e não demorou para a equipe paulista voltar a ter mais posse de bola, mas o jogo seguia truncado e sem grandes oportunidades de gol.

Perigo mesmo só aos 24 minutos, quando Scarpa fez jogada pela esquerda e cruzou para Dudu, que mandou para o meio, mas a defesa tricolor afastou. Na sequência, Lucas Lima tentou, por duas vezes, e mandou por cima. Pouco tempo depois, Dudu cruzou, na medida, para Gustavo Scarpa, que testou firme e obrigou Julio Cesar a fazer excelente intervenção, evitando o segundo gol Alviverde.

No entanto, aos 37, Felipe Melo, que acabara de entrar, aproveitou bola rebatida da defesa tricolor e acertou um chutaço de raríssima felicidade. Um verdadeiro golaço na Arena Palmeiras. E ainda cabia mais. antes do fim do tempo regulamentar, Gustavo Scarpa cobrou falta pela esquerda e Luan apareceu por trás da defesa tricolor e testou para dar números finais a partida: 3 a 0.

Agora, o Fluminense volta a campo somente na próxima segunda-feira (19), quando enfrentará um adversário direto na luta contra o rebaixamento para Série B, o Ceará, às 20h, no Maracanã, em duelo da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Palmeiras 3×0 Fluminense

Allianz Arena (São Paulo – SP)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA – SC) e Helton Nunes (SC)

Palmeiras: Weverton; Mayke, Luan, Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima (Felipe Melo); Willian (Gustavo Scarpa), Dudu (Jean) e Borja. Técnico: Luis Felipe Scolari.

Fluminense: Júlio César; Igor Julião, Paulo Ricardo, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Sornoza e Junior Dutra (Kayke); Cabezas (Everaldo) e Luciano (Marcos Junior). Técnico: Marcelo Oliveira.

Gols: Borja, 40’/1°T (1-0); Felipe Melo, 37’/2ºT (2-0); Luan, 44’/2ºT (3-0)

Cartões Amarelos: Borja, Diogo Barbosa, Thiago Santos, Lucas Lima, Luan, Gustavo Scarpa (Palmeiras); Paulo Ricardo, Richard, Jadson, Digão, Kayke (Fluminense)

Cartões vermelhos: Jadson (Fluminense)

Público: 37.430 torcedores

Renda: R$ 2.480.931,96