Fora de casa, Voltaço perde para o Operário-PR na estreia da Série C

O Volta Redonda visitou o Operário-PR, na tarde deste domingo (15), em duelo válido pela rodada de abertura da Série C do Campeonato Brasileiro e não começou bem a competição. O gol de Gil Paraíba marcado ainda na primeira etapa deu a vitória ao time do Paraná pelo placar de 1 a 0.

Com o resultado, o Voltaço aparece em último lugar na classificação do Grupo C da terceira divisão nacional, enquanto o Operário lidera ao lado do Tupi-MG, com os três pontos somados na partida.

Num primeiro tempo de partida em que o time carioca não teve nenhuma chace de perigo, o Operário aproveitou a oportunidade que teve e abriu o placar. Bem colocado, o Gil Paraíba pegou o rebote do goleiro Douglas Borges em um chute de Cleyton e mandou a bola para o fundo das redes, aos 32 minutos: 1 a 0 para os donos da casa.

Melhor na segunda etapa, o Volta Redonda até chances reais de empatar o duelo. Contudo, no fim, a vitória do Operário foi merecida: teve mais iniciativa de jogo durante a maioria dos 90 minutos e não chegou a sofrer uma grande pressão do Voltaço, que deixou o gramado reclamando muito de um gol do atacante Jhulliam anulado já nos acréscimos.

A segunda rodada da Série C acontece no próximo fim de semana. No sábado (21), o Volta Redonda recebe o Cuiabá, às 16h, no Estádio Raulino de Oliveira.

 

Operário (PR) 1×0 Volta Redonda

Estádio Germano Krüger (Ponta Grossa – PR)

Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)

Assistentes: Marcos dos Santos Brito (MS) e Ruy Cesar Lavarda Ferreira (MS)

Operário: Simão; Léo, Alisson, Sosa e Raphael Soares; Chicão, Índio (Erick), Gil Paraíba, Cleyton (Athos) e Jean Carlo; Schumacher (Quirino). Técnico: Gerson Gusmão.

Volta Redonda: Douglas Borges; Luís Gustavo (João Clériston), Bruno Costa, João Guilherme e Diego Maia; Bruno Barra, Pablo (Vinícius Pacheco) e Marcelo; Dija Baiano, Jhulliam e Luã Lúcio (Martínez). Técnico: Marcelo Salles.

Cartões amarelos: Índio, Alisson, Jean Carlo (Operário); Bruno Costa, Luís Gustavo, Bruno Barra (Volta Redonda)

Gol: Gil Paraíba – Operário (32’/1º tempo)

Renda: R$ 40.930,00

Público: 2.533 pagantes e 2.983 presentes