Friburguense vence Itaboraí e sai em vantagem na Copa Rio

Gol de Dieguinho deixa Friburguense na frente em busca da vaga na final (Foto: Vinícius Eyer/Jornada Interativa)

A temperatura em Friburgo subiu dentro de campo na tarde desta quarta-feira (12), no Estádio Eduardo Guinle. O confronto foi válido pelo jogo da semifinal de ida da Copa Rio e os donos da casa saíram em vantagem no placar de 1 a 0.

GOL “A LA ZICO” MARCA PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa começou com os visitantes assustando. Após cruzamento pelo lado direito, Luiz Felipe fez belíssima defesa da sobra da bola em dividida entre Douglas e Sérgio Gomes. Mas os donos da casa não deixaram se abater e logo aos 9 minutos,  após Lohan sofrer falta perto da pequena área, o lateral direito Dieguinho cobrou e deixou seu gol “A la Zico” e abriu o placar para o Frizão.

O Friburguense pressionava no início da primeira etapa, enquanto o Azulão não explorava muito seu meio de campo e não conseguia colocar a bola no chão parar criação de jogadas.

O Tricolor da Serra aproveitava Toshyia, que apesar de chegar duro em algumas situações, conseguia explorar muito o lado direito do campo. Aos 30, Júnior Pagode cobrou falta fraca para Luiz Felipe pegar sem dificuldade.

Apesar de uma partida puxada, ambas equipes não conseguiam criar jogadas fatais. Para finalizar a primeira etapa, Jeffinho cabeceou e a bola passou frente ao travessão do Itaboraí.

SEGUNDO TEMPO: EXPULSÃO E JOGO PEGADO

No segundo tempo, o Itaboraí voltou melhor, conseguindo pelo lado direito, criar mais jogadas. Ambas equipes esquentavam o clima dentro de campo. Aos 16 minutos, o técnico Rafael Soriano optou substituir Gabriel Galhardo por Edu, para tornar o time mais ofensivo. Mas o time assustou mesmo depois da parada técnica.

Aos 28, Ronaldo contou falta e  Douglas cabeceou para fora. O troco foi dado por Murilo; o lateral do Frizão chutou forte e quase ampliou o placar para os donos da casa.

Perto da marca final, aos 42, Edu bateu forte, Luiz Felipe defendeu e a bola parou no travessão. O atacante Douglas aproveitou o rebote e enfiou a bola na rede. Em lance polêmico, o árbitro marcou impedimento para desespero dos jogadores do Itaboraí.

Para finalizar a segunda etapa, Victor Silva foi expulso após levar o segundo cartão amarelo e desfalca a equipe do Itaboraí no jogo da volta.

Ao final da partida, Cadão, treinador do Friburguense, disse que apesar da vitória dentro de casa ser importante, o resultado ainda não está garantido.

– É jogo de semifinal. Como a gente fala no bom sentido, é jogo de confusão, de disputa, corpo a corpo e é preciso ter atenção com bola parada e em todos os momentos. É preciso ter atenção também para fazer o gol. Hoje nós saímos felizes e com certeza é uma vantagem importante pro jogo de volta, a gente sabe que não é definitivo mas é importante então agora é trabalhar no resto da semana. Sabemos que lá, vai ser guerra, no bom sentido e vamos tentar fazer um bom jogo lá, assim como foi hoje – declarou

Para o técnico do Azulão,  o Itaboraí foi superior e espera reverter o placar na próxima quarta-feira.

– Desde que eu cheguei no Itaboraí foi uma das melhores atuações nossa. O nosso goleiro não fez uma defesa durante o jogo praticamente. Nós tivemos a infelicidade de tomar um gol de bola parada logo no início, mas acho que tivemos posse de bola, criamos mais chance.

Acho que a arbitragem atrapalhou um pouco, mas  não vou ficar comentando sobre isso. A gente não sai satisfeito com o resultado mas sai satisfeito com a equipe porque a disputa ainda está em aberto.

O próximo jogo é difícil porque sabemos que a equipe do Friburguense tem muita qualidade, é experiente e também não chegou à toa. Mas a nossa atuação hoje nos da muita confiança para o próximo jogo, porque jogar aqui no Eduardo Guinle nunca é fácil. Esperamos um grande jogo na volta pela qualidade do Itaboraí e por tentarmos reverter essa situação – afirmou.

O treinador do Itaboraí também comentou sobre a expulsão de Victor Silva:

– É um jogador que faz falta, foi injustamente expulso e a gente tem uma semana pra avaliar e trabalhar pra achar as melhores opções. Provavelmente pode ser o Diego que já entrou e tem sido o substituo imediato dele, mas a gente tem uma semana pra poder definir – disse.

Com esse resultado, o Frizão leva a vantagem do empate para o jogo de volta, na quarta-feira (19) no Estádio Alzirão, em Itaboraí.

Friburguense 1 x 0 Itaboraí

Copa Rio, Semifinal – Jogo 1

Local: Eduardo Guinle

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares

Assistentes: Wallace Barros Santos e Rafael Gomes Rosa

Friburguense: Luiz Felipe; Dieguinho (Murilo), Sergio Gomes, Bidu e Ricardo; Damião, Jeffinho (Gleison), Dedé e Jorge Luiz; Toshiya (Ziquinha) e Lohan. Técnico: Cadão.

Itaboraí: Eduardo; Ronaldo (Diego Macedo), Rodrigão, Victor Silva e Erick Daltro; Gustavo Moura, Junior Pagode, Gabriel Galhardo (Edu) e Nelio; Bruno Santos (Rodriguinho) e Douglas Oliveira. Técnico: Rafael Soriano.

Gols: Dieguinho (FRI – 9/1T)

Cartões amarelos: Damião, Jorge Luiz, Toshyia, Gleison (FRI); Eduardo, Victor Silva, Erick Daltro, Gustavo Moura, Júnior Pagode, Edu(ADI)

Cartões vermelhos: Victor Silva (ADI)