Rio-São Paulo comemora: a Taça da Copa da Amizade vai para o bairro o Campinho, Zona Norte do Rio | Leonardo Santos

Fut7: Rio-SP vence Villa Rio e conquista Copa da Amizade

Com forte ritmo imposto do início ao fim da partida, o Rio-São Paulo bateu o Villa Rio por 5 a 3, na noite deste sábado, no Esporte Clube Cocotá, na Ilha do Governador, e conquistou a segunda edição da Copa da Amizade de Fut7, competição que encerra o calendário adulto da FF7RJ na temporada.

Com a bola rolando, o Alvinegro do Campinho foi para dentro do adversário e abriu o marcador aos quatro minutos de partida, quando Caian fez boa jogada pela ponta esquerda, deixou o zagueiro Bruno Leite para trás e, com bom chute rasteiro, sem chances para Wellington, fez 1 a 0 para o Rio-São Paulo. Dois minutos depois, Vitor arriscou chute de longa distância e acertou ângulo esquerdo do goleiro, para ampliar: 2 a 0.

Seguindo com forte marcação no campo do adversário e sem deixar o Villa Rio ter tempo para respirar, aos nove minutos, Caian tabelou com Léo, deu um drible desconcertante em Bruno Leite e bateu para fazer 3 a 0 para o Rio-São Paulo em menos de dez minutos de jogo.

Caian, do Rio-São Paulo, tenta abrir espaço, mas é marcado por Kiko, do Villa Rio | Leonardo Santos
Caian, do Rio-São Paulo, tenta abrir espaço, mas é marcado por Kiko, do Villa Rio | Leonardo Santos

Depois do início fulminante, o alvinegro reduziu o ímpeto ofensivo após os dez minutos, passou a administrar a posse de bola e acabou vendo o Villa Rio marcar o seu primeiro gol aos 20, quando Nathan aproveitou bola que sobrou na entrada da área após cobrança de escanteio e bateu de primeira, sem chances para Luan, para fazer 3 a 1 no placar.

Cinco minutos depois, o Rio-São Paulo fez sua sexta falta e deu ao Villa Rio a chance de cobrar um shoot-out. Tubiba pegou a bola, partiu com ela dominada e bateu: 3 a 2 no marcador da final e fim da primeira etapa.

A segunda etapa começou da mesma forma que a primeira, com o Rio-São Paulo partindo para o ataque. Dessa forma, repetiu a dose do primeiro tempo, um novo gol relâmpago do alvinegro. Aos dois minutos Léo recebeu passe na entrada da área e chutou rasteiro: 4 a 2.

Na Ilha do Governador, a festa ficou completa com o terceiro lugar do time da casa: a Portuguesa, que venceu o São Cristóvão no shoot-out | Leonardo Santos
Na Ilha do Governador, a festa ficou completa com o terceiro lugar do time da casa: a Portuguesa, que venceu o São Cristóvão no shoot-out | Leonardo Santos

Depois disso, a partida ficou nas mãos do Villa Rio, que dominava as ações ofensivas e pouco sofria na defesa com contra-ataques ineficientes do Rio-São Paulo. Dessa forma, com amplo domínio do duelo, o Villa chegou ao terceiro gol aos 20 minutos, com Jeferson, que desviou chute de Luan e diminuiu o marcador: 4 a 3.

Contudo, aos 25 minutos, Léo marcou mais uma vez para o Rio-São Paulo. O camisa dez interceptou passe errado do Villa Rio que trabalhava com Luan de goleiro-linha e chutou para o gol vazio, decretando números finais na partida: 5 a 3 para o alvinegro, vencedor da segunda edição a Copa da Amizade de Fut7.

Na partida preliminar, aconteceu a disputa de terceiro lugar da Segunda edição da Copa da Amizade de Fut7, Portuguesa e São Cristóvão se enfrentaram e após empate em 3 a 3 no tempo normal, a Portuguesa – campeã da primeira edição – venceu por 3 a 2 nos shoot-outs e ficou com o terceiro lugar do campeonato.