Gabriel Braga escalada para luta principal do Shooto 105

Um dos mais promissores pesos-pena do país está confirmado na luta principal do Shooto 105, no próximo dia 3 de dezembro, na Arena Upper. O jovem prospecto, que está invicto no MMA com cinco vitórias em cinco lutas, enfrentará o também invicto Marcio “Ticoto”, púpilo de Ronildo Nobre, que possui triunfo em todas as seis lutas profissionais que fez.

Gabriel estava escalado para a disputa de cinturão do Future MMA, que inicialmente ocorreria em agosto deste ano, mas que precisou ser adiado para outubro. Com a mudança de data, e com o pai e mentor Diego Braga sendo um dos treinadores a preparem Anderson Silva para luta contra Uriah Hall, Gabriel preciso pedir baixa da disputa de cinturão e se manteve em treinamento na Tropa Thai aguardando o retorno do pai.

“Estava escalado para o cinturão do Future, vinha de três vitórias dentro da organização. Por conta da pandemia, a data precisou ser mudada e não pude continuar no card. Me senti triste por isso, mas estou seguindo em frente e agora tenho mais esse desafio na carreira. Estou pronto sempre, acho importante meu pai estar no meu córner e isso me deixa ainda mais motiva para lutar no dia 3 de dezembro.”- conta

Foto: Arquivo Pessoal

A última vez que o carioca subiu no cage foi em janeiro deste ano, em outro duelo de invictos, vencendo Loibe Neto por decisão unânime no Future MMA 11. A vitória sobre outro grande talento colocou Gabriel em outro patamar, mirando eventos como UFC e One Championship.

“Foi uma luta que pude me preparar muito bem, me dediquei ao máximo no camp e pude ver tudo que treinamos funcionar no dia da luta. O Loibe é um cara muto talentoso, vence-lo foi um passo importante que pude dar. É claro que estou de olho em grandes eventos, lutar no UFC, One, Bellator…enfim, estou pronto para voar alto.” – explica

O adversário vem de Santana, no Amapá, e também mantém um cartel invicto com seis vitórias. Um fato interessante é que das seis vitórias de Marcio “Ticoto” foram sem depender dos juízes laterais, cinco nocautes e uma finalização. Por conta da pandemia, “Ticoto” também vem de um período maior sem lutar, seu último compromisso no MMA profissional foi em setembro do ano passado, quando finalizou Alessandro “Soldado” no primeiro round com uma guilhotina muito bem encaixada.

Buscando manter o seu cartel invicto e de olho no próximo triunfo, Gabriel espera dar o presente de natal ao pai antecipado.

“Quando eu nasci meu pai era muito jovem, então teve que dividir o sonho de viver da luta com as obrigações da paternidade. Luto por mim e por ele, nós vivemos esse sonho juntos todos os dias, ele é meu maior ídolo e inspiração. No dia 3 eu não vejo nada diferente da vitória, vou subir no cage e fazer o que gosto. Podem ter certeza que honrarei o nome da Tropa Thai, estamos chegando e essa vitória será nossa.” – finaliza