Goytacaz começa perdendo, busca empate e leva o título da B1 do Carioca

01

Após 35 anos de espera, o Goytacaz Futebol Clube é novamente campeão da segunda divisão do Campeonato Carioca. Neste sábado (30), jogando sob os seus domínios no estádio Ary de Oliveira e Souza, o Aryzão, o Goyta empatou com o America e garantiu o título no placar agregado, já que havia vencido o primeiro jogo em Mesquita por 1 a 0.

O jogo, como todo espetáculo que se preze, teve o seu vilão e herói. Neste caso, os dois personagens se adequaram perfeitamente a um mesmo atleta: Gabriel Galhardo. O meia perdeu um pênalti na primeira etapa, mas foi o responsável pelo gol que garantiu o caneco para o Alvianil.

O JOGO

A partida começou como merecia uma final, muita disposição para as duas equipes, e uma pressão inicial por parte dos donos da casa. Passados os primeiros 10 minutos, o America equilibrou as ações e passou a dominar o meio de campo. Até que aos 19 minutos, Anderson Kunzel chutou fraco da entrada da área, mas a bola pegou no gramado irregular do Aryzão e enganou o goleiro Paulo Henrique, 1 a 0 America, resultado que levaria a partida para as penalidades.

Com o gol Rubro e a parada técnica, a equipe Alvianil demonstrou um certo nervosismo e ansiedade em busca do gol de empate. Enquanto isso, o America seguiu trocando passes e dificultando a saída de bola do Goyta. Mas aos 35 minutos, após rápida jogada pelo lado direito, João Vitor foi derrubado pelo zagueiro Douglas. Pênalti para o Goytacaz. Gabriel Galhardo pediu a bola, cobrou, mas o goleiro Thadeu acertou o canto e fez excelente defesa impedindo o empate da equipe azul.

Após desperdiçar a penalidade o Goyta viu um America melhor e tendo duas oportunidades de ampliar o marcador, ambas com Allan Barreto. Uma após falha na saída de bola e a outra no cruzamento do Robinho. Naquele momento o técnico Paulo Henrique olhava para o relógio e clamava pelo intervalo.

O intervalo veio e com ele a mudança de postura da equipe mandante. Com muita raça e disposição, contando com o apoio do seu torcedor, o Goytacaz chegou ao empate logo aos 15 minutos. Em cobrança de falta quase perfeita de Leandro Cruz, a bola acertou caprichosamente o travessão e voltou para Gabriel Galhardo, que testou para o gol, Thadeu ainda fez a defesa, mas o destaque Alvianil na temporada não desperdiçou a segunda chance e mandou para o fundo das redes.

O America bem que tentou uma reação, mas Allan Barreto parou mais uma vez no goleiro menos vazado do campeonato, Paulo Henrique. O tempo foi passando e o treinador rubro, Lucho Nizzo, começou a fazer alterações ofensivas na equipe para buscar a reversão do resultado. Com isso, o time ia com tudo para cima e deixava espaços para o contra ataque. Ainda teve tempo para a expulsão do Luan, atacante do Goytacaz. O jovem tentou retardar o reinício da partida, tomou o segundo amarelo e foi expulso. E foi só. O jogo acabou e o Alvianil de Campos faturou o bicampeonato da Série B1.

02

03  05  04  06  05

Texto: Ryann Gomes

Imagens: Raphael Wanderley

Para assistir clique aqui ou no link abaixo: