Guilherme Faria fala sobre futuro no SFT: “Irei voltar muito mais forte”

Lutador foi um dos protagonistas da última edição do evento

Uma das principais estrelas do SFT, Guilherme Faria enfrentou Elismar “Carrasco” no main event da última edição que aconteceu no último dia 29 de fevereiro, em São Paulo. Colocando o seu ritmo no início, Guilherme foi perdendo terreno no duelo contra o experiente lutador goiano até sofrer o revés no fim do segundo round. Analisando a sua performance no evento, o atleta falou sobre os aspectos que acredita que foram predominantes para o resultado final do combate:

— Já esperava que seria uma luta dura, coloquei o meu ritmo, e venci o primeiro round. Combinei o boxe com os chutes e acertei bons golpes, porém em algum momento machuquei o pé, senti instabilidade e parei de chutar. Quando acabou o round pensei que poderia ter parado, porém somos guerreiros e não fugimos da guerra. Quando voltei, não conseguia me movimentar direito, não impedi uma queda, estava sem força nos pés para apoiar e empurrar, mas depois de um tempo levantei, e inverti ele na grade. Acredito que ali cometi um erro, devia ter continuado na grade e botado para baixo, porém eu sai para trabalhar ataques de cotovelo que foram bem bloqueados pelo “Carrasco”. Tentei trabalhar a longa distância, mas sem firmeza nos pés não consegui me movimentar, foi quando o “Carrasco” aproveitou, desferiu bons golpes e venceu.

Natural da cidade de Limeira, interior de São Paulo, o atleta de 28 anos contou com uma grande torcida no evento, seja presencial, ou na audiência da Band, já que o evento foi transmitido em TV aberta para todo o Brasil. Campeão mundial de Muay Thai, o lutador agora soma uma vitória e uma derrota no SFT (Standout Fighting Tournament). Feliz pelo apoio que recebeu antes e depois da luta, Guilherme fez questão de agradecer a toda torcida que teve  para esse último combate:

— Quero agradecer a torcida maravilhosa que esteve presente, todos de Limeira, toda minha família, amigos e companheiros de treino! Agradeço a todos pelas mensagens de apoio! O carinho de todos é muito importante para mim! Agradeço também meus patrocinadores que são fundamentais na busca de meus objetivos, o maior e-commerce de tecnologia da América Latina que é a Kabum e a especialista em banho de joias no atacado, FC Joias Limeira.

Somando agora 16 vitórias em 24 lutas disputadas nas artes marciais mistas, Guilherme Faria mescla juventude e experiência no cage. Nocauteador nato já que é oriundo da trocação, o peso-pena soma nada menos do que 9 triunfos por nocaute ou nocaute técnico desde que fez a sua primeira luta no MMA em julho de 2008. Sem abaixar a cabeça, o atleta já pensa nos próximos passos que pretende dar na carreira, prometendo não só voltar melhor, como se reinventar como atleta profissional:

— Assim que os médicos me liberarem vou voltar com tudo! Treinar e treinar, este será o lema, vou dar a volta por cima como sempre fiz! Tenho mais 2 lutas no contrato com o SFT e podem ter certeza que irei voltar muito mais forte! Vou me reinventar! — finalizou Guilherme Faria.

Se recuperando de uma lesão no tornozelo, o atleta pretende retornar ao mais breve possível ao cage. Renomado atleta com passagem internacional, Guilherme espera reencontrar o caminho das vitórias em breve na organização paulistana.