Márcio Pedra busca manter invencibilidade no Wocs 49 deste sábado

O co-main event do Wocs 49 contará com o ex-TUF Márcio Pedra, lutador que já mostrou que tem eficiência e qualidade para estar nos grandes eventos internacionais. Com uma sequencia de cinco vitórias consecutivas e uma cartel de 12 vitórias e apenas duas derrotas, o atleta pode estar bem próximo de assinar contrato com uma grande organização do exterior.

O atleta da TFT, nascido em Belford Roxo, sempre foi apaixonado por lutas. Começou a treinar ainda na adolescência, logo se tornou um competidor e hoje é considerado um dos lutadores mais perigosos na luta de solo. Pai de duas filhas, Márcio Pedra é lider da Team Pedra, academia de lutas que fica no mesmo município onde nasceu.

– minha infância em Belford Roxo foi muito feliz, eram outros tempos. Hoje em dia minhas filhas não tem mais a mesma liberdade. Mesmo assim, com um cenário violento, mantenho minhas raízes e sigo lutando para ajudar a modificar a realidade do nosso município através do esporte. – disse

Após um início arrasador no mma profissional, conquistando um cinturão logo em sua estreia como profissional, Pedra participou da segunda temporada do The Ultimate Fighter Brasil, em 2013, onde pôde ganhar mais visibilidade dentro e fora do país, apesar de não ter vencido o programa. Hoje a história seria diferente, mais maduro e mais forte tecnicamente, o lutador de 29 anos se sente preparado para ser bem sucedido em qualquer desafio que venha a surgir, inclusive o UFC.

– Depois do Gringo Super Fight, onde conquistei meu primeiro cinturão, lutei o Strong Fight, evento capixaba, onde também conquistei mais um cinturão. Entrei no TUF Brasil e essa participação me deu uma boa visibilidade. Logo após o evento fui contratado pelo Face To Face onde conquistei o cinturão dos meio-médios. – conta

Ao lado da lenda Pedro Rizzo.

Especialista na luta de solo, o lutador possui a faixa preta de jiu jitsu e também de luta livre. Na parte em pé ele possui a faixa marrom de kickboxing, arte que aprimora na WashingThai, e prajied azul escuro com ponta preta de Muay Thai, graduado por Moi Rodrigues da MRCT. O Camp vem sendo feito na Tatá Fight Team, equipe que Pedra faz parte desde o início de 2017.

– Hoje estou fazendo parte da família TFT, fui muito bem recebido pela equipe. O Tatá e o Philip abriram as portas para mim. Na parte física e muay thai eu me preparo com o Moi Rodrigues, que é mestre em muay thai e também personal. – conta

Uma das estrelas do Wocs 49, Márcio Pedra enfrentará o Striker João Paulo “Guerreiro”, faixa preta de kickboxing e lutador com maior envergadura. Apesar de ter mais um grande desafio pela frente, o líder da Team Pedra se diz preparado para a luta e esperançoso com o seu futuro após esta participação no Watch Out Combat Show.

– Tenho certeza que meu momento vai chegar, estou pronto para qualquer desafio. Me preparo bem o ano inteiro. Respeito o meu adversário, mas eu vou em busca da vitória e nada irá mudar isso. Este será o meu ano. – finaliza

Márcio Pedra foi considerado um dos cinco melhores atletas do Brasil em 2017, segundo o Prêmio Osvaldo Paquetá, maior premiação do mma no país.

Main event com disputa de cinturão feminino inaugural:

A edição 49 do Watch Out Combat Show trará pela primeira vez uma luta feminina em seu main event, com direito a disputa de cinturão inaugural peso-pena. As duas lutadoras escaladas para este combate são Larisssa Pacheco, ex-UFC, e Karol Rosa, atleta promissora da PRVT. A promessa é de uma grande luta, vale a pena ficar ligado.

 

O Esporte Interativo transmitirá ao vivo o card principal do Wocs 49, a partir das 22h. A narração ficará por conta de Giovani Martinello e os comentários serão do Breno Massena.

 

WOCS 49

Local: Hotel Laghetto Stilo, Barra da Tijuca, RJ.
Data: 23 de março

Card principal

Main event – Cinturão Peso-pena (inaugural)
Larissa Pacheco x Karolline Rosa
Co-main event
Márcio “Pedra” x João Paulo “Guerreiro”
Demais lutas do card principal
Charles “Blackout” x Júnior “Orelha”
Jansey “Jones” Silva x Bruno Fabiano
André Muniz “Sergipano” x Willyanedson Paiva
Caionã “Blade” x Gilberto Júnior
Victor “Paçoca” Dias x Fernando Leitão

Card preliminar
Edcarlos “Peixe” x Paulo Roberto
Jorge Daniel La Terra x Danilo de Souza
Adriano “Trator” x Douglas Barbosa
Rodrigo “Zói” x Florisbergue Carneiro

Card amador
Maria Carolina Joia x Tatiana Campos
Patrick Cunha x Patrick Mattos
Lenon Carvalho x Eduardo Terêncio
Jairo “Mumuzinho” Pacheco x Wanderson Barcelos