Irreconhecível, Alemanha perde para Coreia do Sul e está fora da Copa

Os alemães não conseguiram evitar a maldição que derrubou os últimos três campeões do mundo na fase de grupos. A seleção alemã jogou mal e acabou eliminada da Copa do Mundo da Rússia após ser derrotada pela Coreia, por 2 a 0. Os gols coreanos foram marcados por Kim e Son, ambos na segunda etapa.

Com o resultado, Suécia e México, que se enfrentaram na outra partida do grupo, com vitória dos suecos, ficam com as vagas para as oitavas de final e aguardam adversários. A atual campeã mundial se despede da competição na última colocação do grupo F.

ALEMANHA DOMINA, MAS NÃO CONSEGUE LEVAR PERIGO

A equipe alemã começou a primeira etapa pressionando, buscando boa movimentação ofensiva para vencer uma Coreia do Sul bem fechada. A primeira finalização do jogo foi de Marco Reus, mas o atacante pegou mal na bola e não levou perigo à meta adversária. Quem levou perigo mesmo foi a Coreia. Jung cobrou falta forte e Manuel Neuer se enrolou todo ao tentar defender. A bola quase sobrou limpa para Son marcar, mas o arqueiro alemão se recuperou e jogou a bola para escanteio.

Após a primeira chegada, os asiáticos começaram a gostar mais da partida. Com maior compactação entre as linhas de defesa e o aumento na posse de bola, os coreanos passaram a ter mais presença no ataque. A exemplo do que fez o México na estreia contra a própria Alemanha, os sul-coreanos se defendiam bem e buscavam a solução no contra-ataque.

Son teve ótima possibilidade após corte errado da defesa alemã na área, mas não acertou a finalização  O ataque alemão criou muito pouco. A única vez que ameaçou foi após cobrança de escanteio na área. O zagueiro Hummels tentou, mas Woo fez a defesa. O 0 a 0 acabou sendo merecido, para os dois lados.

COREIA APROVEITA NERVOSISMO ALEMÃO E DERRUBA ATUAL CAMPEÃ DO MUNDO

A Alemanha foi muito mais perigosa no segundo tempo. Em cinco minutos, criou mais do que em todo o primeiro tempo. Goretzka, de cabeça, obrigou Woo a fazer grande defesa. Em seguida, Werner, na área, mandou arremate para fora. O tempo foi passando e a pressão em cima dos alemães só aumentava. Além de não conseguirem marcar contra os coreanos, receberam a informação que a Suécia iniciou o segundo tempo com um gol contra o México, a pior combinação de resultados para o time de Low.

Os atuais campeões não tinham outra alternativa a não ser atacar. O treinador foi com tudo para cima colocando Mario Gomez, como havia feito no último jogo. A Coreia do Sul tinha o campo aberto para contra-ataques, mas a parte técnica dificultava a conclusão das jogadas. Nos minutos finais, a Alemanha aumentou ainda mais a pressão.  Hummels teve grande oportunidade quase na pequena área, mas mandou para fora. Kroos tentou de fora, mas parou em Woo. A bola não entrava, mas dava a impressão de que o gol sairia a qualquer momento.

Porém, como estamos falando de futebol, o desfecho foi totalmente diferente do que a maioria esperava.  Uma falha defensiva dos alemães acabou custando caro. Após cobrança de escanteio na área, a zaga alemã se enrolou para afastar a bola, e ela chegou limpa para os pés do zagueiro Kim, que mandou para dentro. O tento chegou a ser anulado, mas logo em seguida foi validado com auxílio do árbitro de vídeo.

Com o emocional extremamente abalado, Neuer ainda se desesperou e tentou ir para o ataque. Em vão. O arqueiro perdeu a bola e ela foi lançada para Son que, livre, conseguiu o segundo gol para acabar de vez com a atual campeã do mundo.

Coreia do Sul 2×0 Alemanha

Local: Arena Kazan, em Kazan (Rússia)

Árbitro: Mark Geiger (EUA)

Assistentes:  Frank Anderson (EUA) e Joe Fletcher (CAN)

Coreia do Sul: Jo Hyeon-Woo; Lee Yong, Yun Young-Sun, Kim Young-Gwon e Hong Chul; Jang Hyun-Soo, Jung Woo-Young, Moon Seon-Min (Ju Se-Jong) e Lee Jae-Sung; Koo Ja-Cheol (Hwang Hee-Chan) (Go Yo-Han) e Son Heung-Min. Técnico: Shin Tae-Yong.

Alemanha: Neuer; Kimmich, Hummels, Süle e Hector (Brandt); Khedira (Mario Gómez), Toni Kroos, Goretzka (Thomas Müller), Marco Reus e Özil; Timo Werner. Técnico: Joachim Löw.

Cartões amarelos: Jung Woo-Young, Lee Jae-Sung, Moon Seon-Min, Son Heung-Min (Coreia do Sul).

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Kim Young-Gwon – Coreia (48’/2º tempo) e Son – Coreia (50’/2º tempo)

Público: 41.835 torcedores.